terça-feira, 31 de julho de 2012

Grãos, sementes e cereais para uma alimentação saudável




Atulamente, em nossa casa, adquirimos o hábito de consumir grãos, sementes e cereais em nossa alimentação e como eu disse no post "Bebê vegetariano", também estou, aos poucos, acrescentando na alimentação do meu filho.

Os grãos, sementes e cereais são excelentes fontes de nutrientes e são uma boa opção para enriquecer a nossa alimentação diária.

Vou listar aqui alguns que minha família está consumindo.

  • Linhaça dourada (vou falar somente dela, por ser mais completa do que a marrom)

- Benefícios:

*Combate o envelhecimento e as doenças degenerativas graças as propriedades da vitamina E.
*Combate os problemas cardiovasculares como a obstrução de artérias e o mau colesterol (LDL) graças ao Ômega 3 e Ômega 6 e demais gorduras
*Por ser rica em Isoflavona e Fitoesteróide, ameniza os efeitos da Tensão Pré-Menstrual (TMP) e também da Menopausa pois essas substâncias exercem um papel parecido com o estrogênio.
*Por ser rica em fibras, diminui a sensação de fome além de regularizar os intestinos, servindo como uma grande aliada ao combate a obesidade.
*A semente de linhaça também contém componentes anti-cancerígenos e antioxidantes.
*Além de todos os benefícios já mencionados, ainda é uma importante aliada no combate a hipertensão e diabetes.

- Como consumir:

Há diversas maneiras de se ingerir esta semente mas as formas mais comuns de consumo são:
  • Linhaça triturada
  • Farinha de Linhaça
  • Óleo de Linhaça
A linhaça pode ser acrescentada às vitaminas, sucos, sopas, mingau de aveia, iogurte, frutas, no preparo de pães, tortas, bolos, etc. 

fonte: http://dicasuteis.com/beneficios-da-linhaca-dourada

  • Chia

A semente da vez é a Chia, pouco conhecida, mas muito eficaz. Veja 10 motivos para ingerir a Chia:

*Efeito que Passa a Fome: a semente é riquíssima em fibras, que ajudam a regular o intestino e evitando a prisão de ventre. Enquanto a Aveia possui 9,1g de fibras a cada 100g a Chia já tem 13,6g de fibras. Ela também tem um efeito que passa a fome, pois quando entra em contato com o estômago forma um ‘gel’ que ajuda no emagrecimento.

*Ômega 3 e ajuda o Coração: a porção de semente de chia tem nada menos que 400% da nossa necessidade diária de ômega 3. Ajuda a evitar doenças no coração e diminui a pressão arterial

*Possui mais Cálcio que o Leite e Mais Ferro que Espinafre: para os intolerantes a lactose a Chia é a solução garantida. Ela tem mais cálcio que o leite, ”O cálcio presente na chia ajuda na formação da massa óssea, evitando a osteoporose”, explica a nutricionista Roseli Rossi. O espinafre não é todo mundo que gosta mais é importante consumi-lo por causa de seu Ferro. Porém a Chia tem mais ferro que o espinafre, 100 gramas da semente de chia oferecem três vezes mais ferro que a mesma quantidade de espinafre.

*Magnésio: essencial para o cérebro e ligações cognitivas. O Magnésio não pode faltar e olha só: 100 gramas de brócolis, a semente de chia tem 15 vezes mais magnésio.

*Vitamina A para os Olhos: vitamina A é o que não falta e ajuda sua visão.

*Relaxa e tem Antioxidantes contra radicais livres:  a semente relaxa e possui antioxidantes que combate o envelhecimento celular, evitando inúmeras doenças.

*Manganês Extra: estimula o crescimento ósseo e do tecido.

*Zinco: o Zinco melhora a imunidade, paladar, olfato e visão. Ajuda no crescimento e melhora na formação de Colágeno.

* Rica em Cobre: facilita a absorção do Ferro e melhora imunidade e ajuda na formação de elastina e colágeno.

*Potássio: para o alívio das câimbras.

Inclua esse grão nas receitas. Exemplo disso: pães, bolos, iogurtes, saladas, sopas, massas, etc.  Porções razoáveis da semente (1 colher de sopa por dia) vão trazer saúde e felicidade para quem usa! 

fonte: http://www.not1.xpg.com.br/chia-semente-e-seus-beneficios-10-motivos-para-consumir-chia-saude/

  • Aveia

A aveia é um alimento cereal nutricionalmente rico. Possui muitos elementos fundamentais para se ter uma dieta alimentar saudável, como cálcio, ferro, carboidratos, vitaminas, minerais e, especialmente, as fibras. Por ser de fácil preparo e de muitas combinações alimentares já que não possui um sabor relevante, a aveia tem ainda esse apelo natural: as fibras. Esse elemento maravilhoso é um prato cheio para quem precisa regular o intestino, pois consumindo a dose certa indicada por um especialista em nutrição, é possível “fazer as pazes” com seu intestino, combatendo a constipação intestinal (ou “intestino preso”, ou “prisão de ventre”).
Além disso, alguns estudos já comprovaram o poder efetivo da aveia quando associada a uma alimentação saudável no combate ao colesterol ruim (o LDL). E ainda tem alguns cientistas que defendem que o uso comedido da aveia também ajuda no controle do diabetes e da hipertensão. E todos esses benefícios graças a uma fibra solúvel chamada  β-Glucana. A quantidade desta fibra está diretamente relacionada com o tipo de aveia, em maior proporção está presente no farelo de aveia, depois nos flocos de aveia e por último e em menor concentração vem a farinha de aveia.
Também no tratamento auxiliar para combater a obesidade a aveia é largamente utilizada, pois teria relação direta com a diminuição na formação de gorduras em placas, as ateromas, no organismo.

fonte: http://www.infoescola.com/plantas/aveia/

  • Gergelim


O gergelim é uma excelente fonte de proteínas, rico em gorduras do bem (gorduras monoinsaturadas) e com grande concentração de fibras. É indicado no controle da glicemia sanguínea (açúcar no sangue). Além disso, o gergelim apresenta grande quantidade de cálcio, ajudando no controle da massa corporal gorda, tanto na lipólise (quebra de gordura), quanto na inibição da lipogênese (armazenamento de tecido adiposo. Apresenta também alto teor de fósforo e ferro e é rico em vitaminas do complexo B.

Alguns benefícios:

Fortalece os tendões e ossos;
Tonifica o fígado e os rins;
Tônico geral, principalmente após hemorragias;
Combate dores lombares e de joelhos, reumatismo;
Evita a queda e o branqueamento precoce dos cabelos;
Melhora a elasticidade da pele e desenvolve forte poder antioxidante nas células.

A melhor forma de consumir a semente é na forma integral; crua e com casca.
O gergelim umedece e lubrifica os intestinos em função da presença de ácido linol presente na casca de gergelim, aumentando o peristaltismo intestinal, o trânsito do bolo alimentar e ativando a circulação sanguínea na parede intestinal. Também evita e trata a prisão de ventre e hemorróidas.
Para as gestantes que apresentam prisão de ventre, o ideal é tomar suco desintoxicantes com gergelim para tratar este problema.

O gergelim é ideal para quem procura boa forma ou mesmo uma dieta equilibrada, pois ele possui grande quantidade de fibras, o que auxilia no bom funcionamento do intestino.
Ele tem o poder de aumentar a saciedade, pois apresenta uma casca rica em fibras, que leva mais tempo para ser quebrado e digerido pelo organismo, assim acaba estendendo o período de “sentir fome”. Além das proteínas que estão presentes na semente, onde também auxiliam neste processo e ainda previnem a flacidez.

fonte: http://www.anutricionista.com/os-beneficios-da-semente-de-gergelim.html

  • Quinoa
 


A quinoa age na prevenção de enfermidades crónicas, como a osteoporose, doenças do coração e outras alterações femininas decorrentes da carência de estrogenos na menopausa. O consumo regular de quinoa ajuda a combater anemias, problemas urinários, tuberculose e doenças do fígado. Actua também na redução de danos gastrointestinais, na integridade do sistema imunitário, na regulação das funções cardiovasculares, nos processos de cicatrização e como normalizador da próstata e órgãos reprodutores masculinos.

O alimento é especialmente útil às crianças, pois contém lisina, um componente relacionado ao desenvolvimento da inteligência, da rapidez de reflexos e de outras funções como a memória e a aprendizagem.

A quinoa ajuda os atletas na recuperação das fibras musculares, é de fácil digestão e contém pouco colesterol e gordura — perfeito para quem faz exercícios físicos.

  • Fonte de aminoácidos. Possui todos os aminoácidos necessários ao nosso organismo, inclusive aqueles que o organismo não fabrica naturalmente.
  •  Fonte de proteínas de alta qualidade.
  • Contém vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C e E.
  • Possui minerais como ferro, fósforo, cálcio, magnésio, potássio, zinco e manganês
  • Alto valor energético, pouca gordura e grande quantidade de fibras
  • Rica em ômega 3 e 6.
  • Possui fitoestrógenos, substâncias naturais similares à acção de certas hormonas, ajudando a amenizar os sintomas da TPM e da menopausa.
fonte: http://www.blogdobemestar.eu/os-beneficios-da-quinoa/


Espero que tenham gostado e que os grãos, sementes e cereais comecem a fazer parte da alimentação de vocês!



Aproveite e leia mais os artigos sobre...

7 comentários:

  1. Muito legais essas dicas. Fala também sobre o óleo de linhaça... Existem cápsulas? Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tia!
      Existem cápsulas sim! Vou pesquisar e postar aqui pra vc!
      bjo

      Excluir
  2. Amei! anotei aqui algumas para comprar, bjos

    ResponderExcluir
  3. Depois que passei a consumir alguns desses grãos senti diferença nas minhas unhas e na regulação do meu intestino.. Depois de anos sobrevivendo a base de laxantes eu não preciso mais disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jaqueline, os grãos são excelentes aliados, muitas fibras e não pode faltar na alimentação! bjo obrigada pela visita!

      Excluir
  4. quanto consumir de quinoa e de gergelim? obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, esses grãos não tem uma quantidade exata para consumo. Você pode acrescentar nas receitas, bolos, iogurte, etc. abraço

    ResponderExcluir