O uso da chapinha tornou-se parte do cotidiano de muitas mulheres que deseja mudar o visual e obter um efeito diferente para os fios por meio de um processo rápido e fácil que pode ser feito sem sair de casa. 

Ao escolher a chapinha, é necessário atentar-se aos diversos aspectos da prancha, principalmente à tecnologia, material com o qual é feita e até mesmo no diâmetro que possui.
 
Veja, abaixo, alguns detalhes que podem interferir na escolha da prancha e confira qual é a chapinha certa para seu cabelo. 

Temperatura ideal

A temperatura ideal varia de acordo com o cabelo de cada mulher, podendo separar o calor médio que deve ser emitido pela prancha de acordo com a textura dos fios.  

Mulheres com cabelo muito fino deverão escolher temperaturas mais baixas para não causar a quebra ou danos aos fios, além de optar por um produto que indique o fácil deslizar, para que o equipamento não fique muito tempo em contato com as mechas. Estima-se que a temperatura ideal seja entre 180º e 190º.

Já para cabelo grosso, a temperatura deve ser um pouco mais elevada para que o efeito do liso perfeito seja obtido, além da possibilidade de permanecer pouco mais de tempo em cada uma das mechas. É estimada a temperatura de 220º neste caso.

 

Tecnologia da chapinha

A tecnologia embutida na chapinha pode comprometer o efeito dado pela prancha. Veja, abaixo, quais os materiais disponíveis no mercado.

1. Titanium: A chapinha de titanium possui íons negativos que permitem retirar a eletricidade dos fios, cauterizando-os e obstruindo a cutícula, mantendo as madeixas mais saudáveis e mantendo a umidade natural.
2. Safira: A chapinha de safira possibilita um deslizar mais fácil devido ao material incluso na superfície, sem que haja quebras e danos causados pelo atrito da prancha com as madeixas.
3. Infravermelho: Retiram os resíduos acumulados no cabelo com o dia-a-dia, deixando os fios mais soltos e leves, além de ativar moléculas de água paradas que poderiam deixar as mechas mais densas.
4. Cerâmica: As mais comuns são feitas de cerâmica, diminuindo o atrito da prancha com os fios e mantendo a temperatura constante para não queimar as madeixas, além de proporcionar a economia de energia.



Diâmetro da chapinha


A prancha com maior diâmetro é destinada às mulheres que possuem cabelo muito volumoso, permitindo que o processo seja feito em uma maior quantidade de fios, acelerando-o. Para quem deseja ondular as madeixas, chapinhas mais largas também são a solução.

Os aparelhos com diâmetro menor são indicados para mechas mais curtas e para definir as ondulações.



Em minha experiência, percebi que a prancha e chapinha Conair da Polishop possuem as melhores características para esse equipamento. Ele tem vapor para preservar a hidratação dos fios, além de ser feita de titanium. É a que eu uso e indico, até a textura do cabelo é diferente das demais.

Agora você precisa decidir qual a melhor prancha para seu cabelo, existem inúmeras opções no mercado, algumas mais caras e outras mais baratas. Mas tenho certeza que você deseja o melhor para sua beleza, então vá em frente.

Compartilhe suas experiências com chapinhas conosco nos comentários abaixo.



 Já acompanha o Beleza It nas redes sociais? Então vem!


Beijos e até à próxima!


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.