10 de agosto de 2012

Smoothie de morango, mamão, maca peruana e chia (lacto)


Uma saudável e deliciosa receita para usufruir das propriedades da Maca Peruana e da Chia.

  • Ingredientes:
-1/4 de mamão papaia;
-4 morangos grandes;
-250 ml de leite desnatado;
-1 colher de sopa cheia de farinha de maca peruana;
-1 colher de sopa de semente de chia.

  • Modo de preparo:

Coloque todos os ingrendientes no liquidificador e bata até ficar bem cremoso.


Benefícios da Maca Peruana


 A Maca Peruana é uma planta medicinal oriunda dos Andes Peruanos.

A Maca é constituída, em grande parte, por hidratos de carbono, proteínas e fibras. Contam-se ainda aminoácidos essenciais, vitaminas do complexo B e vitamina C. No que respeita aos minerais, podemos encontrar na constituição deste tubérculo cálcio magnésio, fósforo, ferro, iodo entre outros. 

A Maca pode constituir uma ajuda preciosa em tratamentos de infertilidade, tanto no homem, como na mulher, de distúrbios do sistema hormonal e em casos de falta de libido.  No que respeita à saúde da mulher, a Maca poderá ajudar a regular problemas relacionados com o ciclo menstrual, amamentação e na menopausa (afrontamentos, mudanças de humor, etc.).

Pode revelar-se útil nas performances desportivas, ajudar a combater os mais variados estados de stresse e de fadiga, quer física, quer mental. E, ainda, devido ao seu elevado teor nutritivo, a Maca pode ser usada em situações de carências várias como a anemia ou o osteoporose, por exemplo.

Em resumo, este tubérculo é essencialmente um estimulante da actividade física e mental e regulador das funções sexuais do organismo, sendo por isso indicado em estados de debilidade, cansaço, stresse, depressão e disfunções sexuais.

A Maca pode ser encontrada em forma de farinha ou também em forma de cápsulas. Como farinha, pode  ser acrescentada em shakes, sucos, pães, bolos, sopas, etc. Uma colher de sopa por dia é o ideal para se consumir.

Fonte: http://www.fotosantesedepois.com/2011/02/03/maca-peruana/

Os benefícios da semente de girassol

 
Para quem acha que semente de girassol é comida de papagaio (rsrs), se engana. Essa semente é muito benéfica para a nossa saúde e possui muitas propriedades nutricionais. 

Essa pequena sementinha possui gorduras mono e poliinsaturadas, isto é, gorduras benéficas e também necessárias  ao bom funcionamento de nosso organismo. Além disso, a semente contém fibras e quantidades significativas de potássio, um mineral muito importante que auxilia na prevenção de cãibras. 

Outros nutrientes presentes na semente de girassol são os minerais: magnésio – que auxilia na boa formação dos ossos -, cobre, fósforo e selênio. Este último age em conjunto com a vitamina E – também presente na semente – auxiliando na proteção das células contra os radicais livres o que ajuda a evitar o envelhecimento precoce.

Para aqueles que fazem pão em casa, do tipo integral, experimente acrescentar em sua massa um pouco das sementes de girassol sem casca – pepitas -, pode ainda adicionar aveia e sementes de linhaça. Isso ajuda a torná-lo mais nutritivo.

Se você procura algum petisco para se distrair e já se cansou de biscoitos e salgadinhos ricos em gorduras trans e saturadas, experimente a semente de girassol que são muito nutritivas, saudáveis, mas também calóricas, portanto, cuidado para não exagerar na dose.

Fonte: http://www.alimentacao-saudavel.com/as-qualidades-das-sementes-de-girassol/

8 de agosto de 2012

Yakissoba Vegetariano


  • Ingredientes:

-Molho:

2 colheres de sopa de Amido de Milho;
1/2 xícara de chá de Molho de soja;
1/2 colher de chá de Açúcar;
1 colher de chá de Sal.

-Macarrão:

250 gramas de margarina;
1 colher de sopa de Sal;
400 gramas de Macarrão para yakissoba;
3 Cebolas médias cortadas grosseiramente;
2 Cenouras sem casca cortadas em palitos;
1 Pimentão vermelho cortado em cubos;
1/2 maço de Brócolis;
4 folhas de Acelga picadas;
1 xícara de chá de Cogumelo em fatias finas;
8 talos de Cebolinha verde lavados e picados.

  • Modo de preparo:

- Molho: Numa panela, dissolva o amido de milho com 1 xícara (chá) de água fria. Leve ao fogo e mexa até engrossar levemente. Acrescente o molho de soja, o açúcar e o sal. Reserve, mantendo aquecido.

- Macarrão: Numa panela grande, aqueça 3 litros de água com 1 colher (sopa) de margarina e o sal. Acrescente o macarrão aos poucos e deixe cozinhar por 5 minutos.
Numa frigideira grande, aqueça o restante da margarina e refogue os legumes um a um. Aos poucos, acrescente, alternadamente, porções de macarrão e de molho, misturando com cuidado. Junte a cebolinha e sirva quente.

Dica: pode substituir o macarrão para Yakissoba por macarrão instantâneo.        

Fonte: http://www.sadia.com.br/receitas/162_YAKISSOBA+VEGETARIANO 

7 de agosto de 2012

Momento bebê - "Chambinho" (ou danoninho) caseiro (lacto)


Eu não dou chambinho, danoninho e nem iogurte com sabor para o meu filho. Esses produtos possuem muitos conservantes, estabilizantes, amido, aromatizantes, etc. Por isso já postei aqui diversas receitas. Muitas mães começam a dar esses produtos para as crianças a partir de 1 ano, mas o pediatra do meu filho disse que só pode dar a partir dos 4 anos, mesmo assim não sei se vou dar algum dia.

Por isso criei essa receita que é deliciosa para o lanche dele. Tenho certeza que o bebê de vocês também vai adorar!

  • Ingredientes:

1 pote de iogurte natural integral (saiba as melhores marcas aqui);
3 morangos grandes (bem vermelhinhos, maduros e sem nenhum defeito);
1 banana prata ( a banana vai tirar o azedo do morango, e dar uma consistência, mas não vai deixar gosto, sendo assim, não precisará colocar nada pra adoçar);
2 colheres de leite em pó, que vai dar uma consistência também (saiba a melhor marca aqui).

  • Modo de preparo:

Coloque no liquidificador a banana e o morango picados, o leite, o iogurte e bata bem.

Muito gostoso mesmo!

Ah, se seu filho é mais velho e já pode tomar gelado, coloque um pouco no congelador e vai ficar como um sorvete!

Espero que tenham gostado!

Amaranto - o grão amigo dos celíacos


Para quem não sabe o que é Amaranto (não é Trio Amaranto, não! rsrs), é um grãozinho cheio de propriedades nutricionais. Para os celíacos (aquelas pessoas que possuem intolerância ao glúten), ele é especialmente benéfico, pois não contém glúten. 

O grão quase não tem gosto, por isso pode ser misturardo, tranquilamente, aos pratos, podendo ser consumido com frutas e iogurte, como ingrediente para preparação de pães, bolos, doces, sopas, vitaminas, mingau, etc. É comercializado em forma de flocos naturais, semelhante aos flocos de aveia e quinoa.

O grão possui cerca de 15% de proteínas com alto teor biológico (aquelas com todos os aminoácidos essenciais que o corpo não produz). Podendo ser comparada à proteína do leite.

É fonte de cálcio biodisponível (melhor absorção no organismo), o que não acontece com outros tipos de vegetais. Além de ser fonte de fibras, zinco, fósforo e outros nutrientes.

Estudos vêm mostrando o potencial do amaranto na redução dos níveis de colesterol no sangue. Vários componentes presentes podem atuar neste efeito, como o óleo, a fibra, a proteína e as substâncias antioxidantes. 

Esse é mais um grão, rico em nutrientes, para complementar a sua dieta!


fonte: http://vilamulher.terra.com.br/os-beneficios-do-amaranto-11-1-70-188.html

6 de agosto de 2012

Shake nutritivo de banana (lacto)



Opção gostosa e saudável para o seu lanche!

  • Ingredientes:

1 copo (200 ml) de leite desnatado gelado;
1 banana prata;
2 colheres de sopa de linhaça dourada ou marrom;
1 colher de sopa de chia;
1 colher de sopa de aveia.

Obs.: Não coloco açúcar, pois a banana já adoça. Mas caso ache que precisa, coloque um pouco de mel.

  • Modo de preparo: 

Bata tudo no liquidificador.


Bom Apetite!

Momento bebê - Papinha de inhame, abóbora japonesa, abobrinha, quinoa e gergelim



Uma papinha ideal para o almoço do seu bebê!

A quinoa é um alimento especialmente útil às crianças, pois contém lisina, um componente relacionado ao desenvolvimento da inteligência, da rapidez de reflexos e de outras funções como a memória e a aprendizagem. Além de ser fonte de proteína de alta qualidade. (saiba mais aqui)

O gergelim apresenta grande quantidade de cálcio.  Também possui alto teor de fósforo e ferro e é rico em vitaminas do complexo B. (saiba mais aqui)

Então vamos à receita:

  • Ingredientes:

1 inhame médio (será a fonte de carboidrato principal);
1/2 abobrinha;
1 pedaço médio de abóbora japonesa;
sal;
azeite;
1 colher de sopa cheia de quinoa;
1 colher de sopa rasa de gergelim;
1 ovo cozido.

A quantidade dos ingredientes depende muito do quanto quer fazer. Eu, por exemplo, faço a quantidade suficiente para o almoço e para o jantar.

  • Modo de preparo:

Pique todos os legumes em pedaços pequenos, coloque o sal (bem pouco), coloque água filtrada, até cobrir e leve para cozinhar. Em outra panela, cozinhe o ovo até que fique duro. 
Depois que os legumes estiverem bem cozidos, com o fogo ainda ligado, coloque a quinoa, deixe dar mais uma cozidinha e desligue o fogo. Aí coloque o gergelim. 

No caso do meu filho, eu dou uma batida rápida no liquidificador, pois ele ainda não gosta muito de amassado. Aí coloco a quantidade suficiente que vou servir, coloco o ovo picado, um fio de azeite e bato. Se você dá amassado, amasse tudo bem amassadinho, coloque o azeite e sirva. 

Bom apetite para os bebês!

Lasanha vegetariana (lacto)


Uma receita fácil e gostosa para o seu almoço!

  • Ingredientes:

-2 beringelas grandes;
-2 abobrinhas médias;
-400 gramas de queijo mussarela fatiado;
-400 gramas de queijo prato fatiado;
-2 a 3 pacotes (de 340 gramas cada) de molho de tomate (uso Pomarola);
-azeite;
-Palmito.

  • Modo de preparo:

Em um tabuleiro comece colocando o azeite. Fatie a beringela e a abobrinha em rodelas finas. Coloque primeiro uma camada de beringela e uma de abobrinha, depois coloque uma camada de mussarela e uma camada de molho. Coloque o palmito picado, depois mais uma camada de beringela e de abobrinha, depois uma de queijo prato e molho. Enfim, vá intercalando as camadas e no final tem que ter uma camada de queijo. Super fácil! Também pode colocar azeitona picadinha, champignon...Se quiser, pode colocar no final de tudo, queijo parmesão ralado. Leve ao forno médio, por mais ou menos 40 minutos.

Não precisa colocar mais sal, porque o molho pronto já tem e também os queijos.

Dica: sirva com arroz, batata palha, salada de folhas verdes.

Bom Apetite!

5 de agosto de 2012

Momento bebê - De mãe pra mãe


Como eu já disse em post anterior, estou introduzindo o meu bebê na dieta ovo-lacto vegetariana, que é a que eu e meu marido seguimos. Além disso, tentamos fazer com que a alimentação dele seja o mais livre possível de alimentos industrializados, cheios de conservantes e outras coisas mais. Dos industrializados, sei que não podemos ficar livres totalmente, então escolho sempre as marcas mais confiáveis, conhecidas, mesmo que um pouco mais caras, vale a pena. Sempre olho a embalagem e vejo se não contém conservantes e outras coisas prejudiciais. 
Por isso, decidi postar aqui e compartilhar com as outras mamães, os produtos que dou para o meu bebê e que considero melhores para a saúde dos nossos pequenos.

  • Leite 

Amamentei o meu bebê até os 8 meses, mas sempre que era preciso complementava com a mamadeira. Comecei a dar o NAN, mas ele não gostava e sempre recusava. Eu, particularmente, acho que o NAN tem um gosto e um cheiro muito ruins. Fica 5 minutos na mamadeira e já fica com o cheiro horrível. Então decidi mudar para o APTAMIL 1, este ele se adaptou muito bem. Tem um gosto de leite mesmo e o cheiro também não é ruim. Depois que ele parou de mamar no peito, já estava comendo papinhas de fruta, e também salgada na hora do almoço, então mamava somente 2 mamadeiras por dia.
Existe o APTAMIL 1, de 0 a 6 meses, o APTAMIL 2, a partir dos 6 meses e agora o APTAMIL 3 que é a partir dos 10 meses. Ele experimentou dos 3, mas agora já mudou e está tomando o NINHO FASES 1 da Nestlé.


  • Iogurte natural integral

O meu filho começou a consumir iogurte com 8 meses, mais ou menos. Como ele não toma muito leite, achei bom dar o iogurte, pois é mais uma fonte de cálcio e proteína. Além de que o iogurte dá uma boa consistência e deixa a papinha mais gostosa.
Como eu já citei nos diversos posts de receitas de papinhas, somente uso as seguintes marcas: Nestlé e Itambé. Sendo que o da Nestlé é o melhor. Uso o Itambé como segunda opção, quando não encontro o outro. Essas marcas não possuem amido (que normalmente é usado para engrossar) e nem conservantes. É só verificar na embalagem dos produtos.
O da Nestlé, por exemplo, tem os seguintes ingredientes: Leite, leite em pó integral e fermentos lácteos. Não Contém Glúten. http://www.nestle.com.br/site/marcas/nestle/iogurtes_naturais/natural_integral.aspx.



  •  Aveia
Como eu já disse no post, "Bebê vegetariano", dou mingau de aveia no café da manhã do Pedro. Ele adora! Para quem acha que mingau de aveia engorda, está enganado! É muito utilizada em dietas e por possuir fibras, dá uma sensação de saciedade. Mas esse não é caso aqui. 
Eu utilizo a aveia, porque ela é um cereal muito nutritivo, que possui cálcio, ferro, proteínas, vitaminas (especialmente do grupo B e E), carboidratos e fibras. A que eu uso é a MIX 7 GRÃOS QUAKER, que além da aveia possui: linhaça, amaranto, cevada, quinoa, gérmen de trigo, centeio. Grãos e cereais que são também são muito saudáveis e possuem muitos nutrientes.

  • Queijo minas frescal
 Comecei a dar o queijo minas frescal para o Pedro a partir de 1 ano. Agora ele também come pão integral, de vez em quando, aí, por exemplo, dou o 1 fatia de pão com uma fatia de queijo na hora do lanche (picadinho), dou o queijo puro, às vezes coloco 1 fatia na papinha na hora do jantar (porque dou o ovo somente no almoço), etc. A marca que eu utilizo é QUEIJO MINAS FRESCAL POLENGHI. Ele adora!


Bom, mamães, espero que tenham gostado das minhas dicas! 

É sempre bom lembrar que o que fazemos agora irá refletir no futuro! Por isso, tudo o que damos para o nosso bebê, tudo o que ele come, vai influenciar na saúde dele no futuro. Por isso sempre temos que escolher bem os alimentos, preparar com carinho e amor as comidinhas, para que eles cresçam felizes e saudáveis!

Caso tenham dicas também, deixem um comentário ou me enviem um email! Vou adorar compartilhar dicas com vocês!

Momento bebê - Papinha de pêra, banana e linhaça (lacto)



Mais uma papinha para as mamães servirem para os seus bebês (essa papinha pode ser servida à partir dos 8 meses, antes disso, de 6 a 8 meses não se deve dar iogurte, somente as frutas com o leite em pó ou puras).

  • Ingredientes:

-1 iogurte natural integral (Nestlé ou Itambé, melhores marcas para bebês, sem amido e conservantes);
-1 banana prata;
-1 pêra;
-1 colher de sopa de linhaça dourada;
-1 colher de sopa de Leite em pó (Ninho fases 1 ou Aptamil 2 ou 3).

  • Modo de preparo: 

Bata tudo no liquidificador.

Sirva aproximadamente 200 ml ou de acordo com o apetite do bebê.

Seu bebê vai adorar!

4 de agosto de 2012

Dietas vegetarianas



Está pensando em aderir à alimentação vegetariana, mas ainda possui algum receio ou dúvidas? Mas saiba que não precisa temer! Podemos ser vegetarianos e felizes, comendo coisas gostosas e saudáveis! 

Muitos devem estar pensando: ah, agora só vou comer folhas, abobrinha e cenoura? Não é bem assim! Exemplo de que isso não é verdade, são as diversas receitas possíveis de se fazer com inúmeros ingredientes, sem precisar da carne (como as receitas que eu sempre posto no blog), fazendo com que todo os dias possamos comer um prato diferente, delicioso e saudável!

Uma coisa importante que se deve ter em mente é que ser vegetariano, não é simplesmente ser vegetariano. 

Neste post vou apresentar pra vocês que existem diversas dietas vegetarianas.

Então vamos lá:

  • Dieta vegana: a dieta vegana, ou vegetariana total, inclui apenas alimentos vegetais: frutas, hortaliças, leguminosas (como feijão e ervilha), cereais, sementes e castanhas. 
  • Dieta lacto vegetariana: a dieta lacto vegetariana inclui, além dos alimentos vegetais, queijo e outros laticínios. 
  • Dieta ovo-lacto vegetariana: a dieta ovo-lacto vegetariana (ou lacto-ovo vegetariana) também inclui ovos. 
  • Semi-vegetarianos não comem carne vermelha, mas aceitam frango e peixe além de alimentos vegetais, laticínios e ovos.

Tem dúvida se as dietas vegetarianas são saudáveis?

A maioria das dietas vegetarianas é pobre em produtos de origem animal. Também costumam ter índices de gordura total, gordura saturada e colesterol mais baixos que as dietas não vegetarianas. Muitos estudos demonstraram que os vegetarianos parecem apresentar um risco menor de obesidade, doença coronariana (que provoca ataques cardíacos), pressão alta, diabete melito e algumas formas de câncer.

As dietas vegetarianas podem ser saudáveis e completas em termos nutricionais quando são cuidadosamente planejadas para incluir nutrientes essenciais. No entanto, a dieta vegetariana pode não ser saudável caso contenha calorias em excesso e quantidade insuficiente de nutrientes importantes.

Como eu já disse aqui no blog, eu e minha família aderimos à dieta ovo-lacto vegetariana.

E você, já se tornou um vegetariano? Já escolheu qual dieta vai seguir? Já segue alguma dessas dietas?

Vote na enquete do nosso blog!

Caso tenha mais interesse, acesse a nossa área de Livros e Revistas para saber mais sobre o assunto.



Momento bebê - Creme de abóbora, batata e cenoura



Mais uma receita para os bebês, ideal para o jantar.

  • Ingredientes:
-1 batata média;
-1 cenoura média;
-2 pedaços médios de abóbora japonesa;
-sal;
-azeite;
-1 fatia média de queijo minas frescal ( uso o da marca Polenghi, porque acho que é mais natural e mais confiável).

  • Modo de preparo:
 Pique os legumes em pedaços pequenos e coloque em uma panela para cozinhar. Cubra com água filtrada, acrescente uma pitada de sal (não precisa de muito, pois o queijo já tem). Deixe cozinhar bem. Depois é só colocar no liquidificador a quantidade para servir, acrescente 1 colher de chá de azeite, o queijo, um pouco da água do cozimento e bata. Vá colocando a água aos poucos para não ficar ralo. Vai formar um creme. Deixe esfriar e sirva morno. É tipo uma sopinha, só que mais consistente.

Dica: eu sempre faço a quantidade dos legumes suficiente para o almoço e para a janta. Só que no almoço coloco o ovo cozido (1 de galinha ou 3 de codorna), mas no jantar não, aí coloquei o queijo, porque sempre tem que ter uma fonte de proteína.


Espero que as mamães tenham gostado. Seu bebê com certeza vai adorar!

Batata doce e baroa assada com alecrim e curry (Vegan)



Essa receita é uma ótima opção para quem malha ou está de dieta. A batata doce é bem mais saudável do que a batata comum. Possui vitamina A, C, Fósforo e vitaminas do Complexo B.
Além disso, a batata doce é um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, o que significa que sua absorção é mais lenta, liberando glicose na corrente sanguínea aos poucos e sem estimular muito o hormônio chamado insulina (responsável pelo aumento da fome e pelo acúmulo de gorduras). Ou seja, ajuda a emagrecer!!!

Vamos à receita.

  • Ingredientes:

2 batatas doce médias (escolha a de sua preferência, branca, amarela ou roxa);
2 baroas pequenas (também conhecida como mandioquinha, cenoura ou batata baroa);
1 colher de sopa rasa de alecrim;
1 colher de sobremesa de curry.
3/4 de xícara de azeite extra virgem.

  • Modo de preparo:

Corte a batata doce e a baroa em forma de cubos. Coloque em um tabuleiro anti-aderente, mas se não tiver, forre o fundo de um tabuleiro comum com papel alumínio. Regue com o azeite e salpique o alecrim e o curry. Misture um pouco.

Leve para assar em forno médio, 180º, por mais ou menos 20 a 30 minutos. Abra o forno na metade do tempo e dê uma mexida para virar os legumes e não agarrar no fundo do tabuleiro.

Opção: sirva com uma omelete e salada de folhas verdes.

Bom Apetite!

3 de agosto de 2012

Suco de melancia com banana


Apesar de parecer diferente, esse suco é uma delícia e muito refrescante!

  • Ingredientes:

-1/4 de uma melancia grande (a quantidade de melancia vai depender para quantas pessoas será servido o suco);
-2 bananas pratas maduras;

  • Modo de preparo:

Passe a melancia em um juicer ou centrífuga. Caso não tenha, coloque os pedaços de melancia em um pano de prato limpo e esprema para tirar todo o suco da melancia. Não aconselho bater no liquidificador, porque terá que colocar água, aí não fica bom. Não é preciso tirar as sementes.
Depois de extraído o suco, coloque no liquidicador e acrescente as 2 bananas picadas. Bata bem.

Dica: deixe a melancia gelar de um dia para o outro, para não precisar colocar gelo.

Não é preciso nada para adoçar, pois as frutas já possuem doce o suficiente.

Rende mais ou menos 1 litro.

Ideal para um lanche. Sirva com um sanduíche de queijo minas frescal ou o queijo de sua preferência.

Bom Apetite!

2 de agosto de 2012

A soja na alimentação do vegetariano


Para quem pretende ser vegetariano, mas acha que vai sentir muita falta da carne, uma boa opção é utilizar a soja. Acrescentada aos pratos, ela dá uma consistência, aparência e até mesmo um sabor parecido com o da carne. Quem come quase não percebe a diferença.
A soja também é muito utilizada pelos Veganos, que são os vegetarianos que além de não consumir a carne, também não consomem ovos, leite e derivados.
Além das receitas à base de soja, também existe o leite de soja, o Tofu (que é um queijo de soja), sucos à base de soja, entre outros. 

Vou postar aqui pra vocês algumas receitas feitas com o grão, muito gostosas, fáceis de fazer e que eu já fiz várias vezes. Espero que gostem!


* Almôndega vegetariana



  • Ingredientes:

2 xícaras de proteína texturizada de soja (uso da marca Sora);
1 colher de sopa de farinha de trigo;
1 ovo;
Cheiro verde à gosto;
1 cebola pequena;
1 caldo de legumes (uso Knor Vitale);
2 dentes de alho socados;
Óleo para fritar;
Molho de tomate pronto (uso Pomarola 100% natural clássico).

  • Modo de preparo:

Coloque a soja de molho em água quente para hidratar por 20 minutos. Esprema e reserve.
Em uma vasilha misture a soja aos temperos bem picadinhos (cheiro verde, alho e cebola) e também o caldo de legumes triturado. Se achar que precisa de mais sal, coloque. Acrescente o ovo inteiro e misture. Coloque uma colher de sopa de farinha de trigo. Misture até formar uma massa. Se achar que não deu liga, coloque mais ovo e farinha até formar uma massa. Vá controlando para saber o ponto. Tem que ficar no ponto de enrolar para formar bolinhas que na hora de fritar não desmanchem.
Faça as bolinhas e leve para fritar em óleo já quente. Depois leve para cozinhar no molho de tomate, o suficiente para cobrir as almôndegas, somente até dar uma fervura. Acho que uns 2 pacotes do molho é o suficiente, aí vai depender se gosta de mais molho ou não.


Bom Apetite!


* Quibe assado vegetariano

  • Ingredientes:

2 xícaras de soja texturizada;
2 xícaras de trigo para kibe;
1 cebola média picada;
1 maço de hortelã picado;
2 dentes de alho;
1 caldo de legumes;
200 ml de azeite extra-virgem;
Sal (somente se achar que ficou sem tempero).

  • Modo de preparo

Coloque a soja de molho na água quente por vinte minutos para hidratar. A soja vai inchar e absorver a água. Coloque água suficiente para cobrir a soja.
Coloque o trigo de molho em água fria para amolecer, durante 20 minutos. Esprema os dois e reserve.

No liquidificador, bata a hortelã, o alho, a cebola, o caldo de legumes e o azeite. Se achar que precisa de mais sal, coloque.
Bata tudo até formar um creme, não muito grosso e nem muito ralo. Essa textura tem que ser controlada com o azeite, por isso, vá adicionando aos poucos. Depois, em uma vasilha, misture esse creme ao trigo e à soja espremidos. Coloque em uma tabuleiro e leve para assar por cerca de 30 minutos em forno médio. Não precisa untar o tabuleiro.

Bom Apetite!

Momento bebê - Papinha "salada de fruta" (lacto)


Essa é uma das papinhas que dou para o meu bebê na hora do lanche. Ela tem o sabor bem parecido com aqueles iogurtes industrializados sabor "tutti-frutti", mas a diferença é que esse é natural, sem conservantes e corantes.

  • Ingredientes:

1 pote de iogurte integral natural (marcas melhores para bebês, sem amido e conservantes: Nestlé e Itambé);
1 banana;
1/2 mamão papaia;
1/2 maçã com casca;
1 colher de leite Ninho Fases 1 ou Aptamil 2 ou 3;

  • Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador.

Sirvo aproximadamente uma caneca de 200 ml.
O leite em pó é bom para dar uma consistência mais firme ao iogurte e para tirar um pouco do azedo do mesmo.
Não adicione nenhum tipo de açúcar ou mel, pois as frutas possuem doce o suficiente.

Espero que as mamães tenham gostado. Tenho certeza que seu bebê vai adorar!

1 de agosto de 2012

Campanha Segunda sem carne - faça parte dessa causa!

Que tal começar a semana experimentando novos sabores? Já pensou em trocar aquele bife de todos os dias por uma alimentação mais verde e mais saudável? Essa é a proposta do movimento Segunda sem Carne.
A Segunda sem Carne é uma campanha da Sociedade Vegetariana Brasileira, em parceria com a Secretaria do Verde e do Meio-ambiente da Prefeitura de São Paulo. O objetivo é incentivar a redução do consumo de carne e apoiar diretrizes emitidas pelo Ministério da Saúde.
A redução das carnes, com consequente aumento do consumo de leguminosas, frutas, cereais (de preferência integrais) legumes e verduras é recomendada pelo Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde.
No documento, o Ministério da Saúde esclarece que os alimentos de origem animal só integram um cardápio saudável se em consumo moderado. Mas, no Brasil, o consumo de carnes deixou de ser moderado há muito tempo, fazendo com que o brasileiro se exponha de forma excessiva aos malefícios da ingestão desenfreada de carne.
O portal da campanha Segunda sem Carne admite que a retirada da carne do cardápio às segundas-feiras provavelmente não será ainda suficiente para ajustar o cardápio brasileiro marcado pelo seu consumo excessivo, mas é uma atitude positiva em direção à melhor educação e abertura a novos sabores.
Além da questão alimentar, há também uma preocupação com o respeito pelos animais. A competição para produzir carne, ovos e derivados de leite baratos tem levado o “agribusiness” a tratar os animais como objetos e mercadorias. Os animais são mantidos em galpões abarrotados ou cocheiras estreitas. Um grande número de bois de corte, vacas leiteiras, leitões, galinhas e perus são criados nessas condições.
A tortura e a morte de animais para alimentação é incompatível com uma cultura de paz. A alimentação sem carne é uma forma de praticar a não-violência.
A campanha se baseia também em um terceiro pilar, pela proteção ao planeta Terra. Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) a indústria de carne é responsável por 18% das emissões globais de gases causadores do efeito estufa, ao passo que todos os transportes somados geram 13%.(1).
O Ministério da Agricultura afirma que só no Brasil, a pecurária gera diretamente 80% do desmatamento no bioma amazônico. A criação de animais para abate é uma forma ineficiente de produzir alimentos: para cada quilo de proteína animal são necessários de 3 a 10 kg de proteína vegetal (milho, soja etc.).
A nutricionista da Rede Mundo Verde, Flávia Morais, endossa o coro de que é possível viver de forma saudável e prazerosa sem fazer uso de alimentos de origem animal.
Dar preferência a proteínas vegetais favorece ainda o controle de peso, a redução do risco de doenças do coração e de desenvolver formas de câncer, principalmente o de intestino.
Uma dieta sem produtos animais é pobre em gordura, isenta de colesterol e rica em fibras, vitaminas e minerais. As proteínas vegetais, principalmente quando combinadas, são de alto valor biológico, contem todos os aminoácidos necessários para a formação de tecidos do nosso corpo.

Boas sugestões de proteínas vegetais são:

- Feijões, ervilha, lentilha, grão de bico;
- Soja e derivados (Proteína de soja, tofu, extrato de soja);
- Oleaginosas como nozes, amêndoas, castanhas, amendoim;
- Cereais integrais como arroz, quinua e amaranto;
- Sementes de gergelim e tahine;
- Sementes de girassol e de abóbora;

Seja pelas pessoas, pelos animais ou pelo Planeta, há motivos suficientes para aderir à campanha Segunda sem Carne. Que tal começar hoje?

Fonte: http://www.cantinhovegetariano.com.br/2010/04/segunda-sem-carne.html

Minha versão do "Cupcakes integral de maçã com canela"


No dia 30, postei aqui no blog uma receita de "Cupcakes integral de maçã com canela", mas ainda não tinha experimentado. Hoje resolvi fazer e está aí o resultado. Fiz em forma de bolo comum, pois não tenho forminhas para cupcakes. E para dar mais uma incrementada, resolvi fazer uma calda de chocolate (mas essa é light! rsrs).
O bolo ficou super fofinho, uma delícia. O bom é que não é muito doce, porque o açúcar mascavo adoça menos do que o comum. Tem um gostinho bem leve de canela, pra quem não gosta muito tenho certeza que vai adorar!

Segue a receita do "bolo" novamente e também da calda.

  • Ingredientes

-3 ovos
-¾ xícara de azeite extra virgem ou óleo de canola
-Casca bem lavadas de 2 maçãs
-1 e ½ xícara de açúcar mascavo
-1 e ½ xícara de farinha de trigo integral
-1 colher de sopa de canela em pó
-1 colher de sopa de fermento em pó

  • Modo de Preparo:

Ligue o forno para aquecer e bata os ovos, o azeite/óleo e as cascas de maçã no liquidificador. Em uma tigela misture o açúcar, a farinha, a canela e o fermento. Junte a mistura líquida à seca, misture bem e coloque nas forminhas (para facilitar, use uma concha para molho). Leve ao forno por 30 minutos em 180°.

  • Calda de chocolate

1 xícara de leite desnatado
2 colheres de sopa cheias de chocolate ou cacau em pó
3 colheres de sopa de açúcar mascavo.

Leve ao fogo baixo e deixe ferver por 3 minutos, sem parar de mexer. Deixe esfriar, para engrossar mais.

Bom Apetite!

Feijão tropeiro vegetariano (ovo-lacto)



Ingredientes:

-3 Conchas grandes de feijão cozido (escolha o de sua preferência, no meu caso, eu fiz com o Feijão Jalo);
-1 cenoura média ralada;
-Ovos de codorna (mas pode ser com o ovo comum, cozido ou frito). Coloquei 10 ovos;
-6 folhas pequenas de couve;
-3 colheres de farinha de mandioca torrada;
-1 colher de sopa de linhaça dourada (semente inteira);
-1 colher de sobremesa de gergelim.
-Azeite;
-Alho;
-Sal.

Modo de preparo:

Cozinhe o feijão, mas não deixe ficar mole demais. Depois de cozido, pegue a quantidade suficiente para a receita, lave, escorra e reserve.
Pique a couve bem picadinha e reserve.
Cozinhe os ovos de codorna (ou comum) e reserve.
Aqueça bem uma panela, coloque o azeite, o alho e o sal. Dê uma fritada. Coloque a couve, dê uma leve refogada, coloque o feijão (não demore muito, para não soltar água demais da couve). Coloque a cenoura, a linhaça e o gergelim e por último a farinha de mandioca. Depois de pronto, coloque os ovos por cima, ou se for de galinha comum, pode partir ao meio e colocar por cima.
Se prefere ovo frito, pode fritar e servir separadamente.

Obs.: 5 ovos de codorna equivalem a 1 de galinha;

Bom Apetite!

Estamos de Volta

Olá pessoal, para avisar que estamos de volta com o  https://www.beautyinforlife.com/  e que agora vamos manter ele para valer. Sigam co...