28 de fevereiro de 2013

Dica sustentável: Reciclando esmaltes



Oi gente!

Hoje a dica sustentável é como reciclar esmaltes. É a famosa misturinha. Qual mulher não já fez uma na vida, não é mesmo? Sempre que fica aqueles restinhos de esmalte nos vidrinhos, misturamos uns com os outros para formar novas cores. Fazendo isso, podemos criar novos esmaltes e que ainda dá para usar bastante tempo. Se o esmalte não tiver vencido, podemos reaproveitar. Não vamos jogar o restinho fora!

Ontem fui fazer uma "limpa" na minha caixa de esmaltes e tinha um monte de restinho. Aí eu resolvi fazer misturinhas e vou mostrar para vocês como ficou. Muitas vezes, as misturas ficam bem parecidas com esmaltes que já tem no mercado.

Você vai precisar de:

Restinhos de esmaltes;
Esmalte branco;
Esmaltes coloridos;
Removedor de esmaltes ou óleo de banana (é melhor, porque não tira o brilho do esmalte, mas eu não tinha).

Eu fiz da seguinte forma: eu tinha três vidrinhos do esmalte Renda, com um restinho cada um e aí fui fazendo a mistura com a cor que eu queria, acrescentando, se fosse preciso, um pouco de removedor (ou óleo de banana) e um pouco de esmalte branco. 

Aí, fiz três novas cores, bem parecidas com as já existentes e de marcas famosas! 

Vamos ver:


1. Rosa Pink (ficou parecido com Risqué Shar Pei) 


No vidrinho que tinha resto do esmalte Renda, misturei um resto do esmalte Risqué Love. Coloquei uma gotinha de removedor (ou óleo de banana). Aí é só agitar bem.


2. Lilás azulado (ficou parecido com o Marshmallow de alfazema da Risqué)


Em outro vidrinho que tinha resto de Renda, misturei um pouco do esmalte Colorama Ventinho Bom, coloquei uma gotinha do Caipiroska Curaçao da Risqué e como tinha pouco Renda, coloquei um pouco de esmalte branco. Coloquei também uma gotinha de removedor (ou óleo de banana). Agite bem.


3. Rosa claro (ficou parecido com Rio Doce da Impala)


Em outro vidrinho com restinho de Renda, misturei um pouco do esmalte Shar Pei Risqué e coloquei um pouco de esmalte branco. Nesse não coloquei removedor. Só coloque removedor (ou óleo de banana), caso o esmalte esteja muito grosso. Coloque a quantidade do branco, de acordo com o tom que quer, mais claro ou mais escuro.

Como eu gosto muito de esmaltes vermelhos e rosa, não tinha tanta opção para fazer diferente, mas você pode fazer a cor que quiser! Basta usar a sua criatividade, ter bastante cores e, claro, restinhos de esmaltes.


 Não reparem minhas unhas, pois passei rapidinho, só para testar e tirar a foto! rs


Gostaram? 

Assim, podemos ter várias cores de esmaltes diferentes (e até parecidas com as que já existem), economizamos um dinheirinho, reciclamos e contribuímos com o meio ambiente!

Ah, todas as marcas citadas aqui, Colorama, Impala e Risqué, são livres de crueldade!




Espero que tenham gostado!

Abraços,

Receita do Dia: Bolinho assado de batata com aveia e recheio de mussarela



Oi gente!

Mais uma receitinha super prática e que ficou uma delícia!

É um bolinho de batata com aveia e recheio de mussarela.

Bom para o jantar, super fácil de fazer! Fiz rapidinho. O que mais demora é cozinhar as batatas.

Fica super leve, pois é assado. 

Então, vamos lá!

Ingredientes:

3 batatas médias;
1 ovo;
sal;
azeite;
pedaços de mussarela;
aveia em flocos finos.


Modo de preparo:

Descasque e divida as batatas ao meio e leve para cozinhar (assim cozinha mais rápido). Deixe cozinhar até o ponto de fazer purê. Depois passe em um espremedor de batatas e coloque em um recipiente. Coloque o ovo, o sal, 1 colher de sopa de azeite e misture. Depois vá acrescentando, aos poucos, a aveia. Eu coloquei umas 3 colheres de sopa. Não coloque muito para não ficar duro. Tem que ficar uma massa macia. 

Prefiro a aveia em flocos finos, porque quase não aparece, a massa fica bem uniforme.

Aí unte a mão com um pouquinho de azeite, pegue a quantidade de uma colher de sopa cheia da massa, abra e coloque um pedaço de mussarela dentro e feche, como um quibe. Faça todos os bolinhos e coloque em uma assadeira untada com azeite ou óleo e leve para assar em forno pré aquecido, por mais ou menos 30 minutos. No meio do tempo, vire os bolinhos.

Feche direitinho para a mussarela não vazar!

Rendimento: 7 bolinhos médios.

Você pode colocar outras coisas no recheio como ovo de codorna, azeitonas, o que desejar. Ah, pode colocar também salsinha e cebolinha na massa e os temperos que quiser, com certeza vai ficar melhor ainda! E pode fazer em forma de bolinhas também.

Ficou muito bom! Façam e depois me contem!

Abraços,

27 de fevereiro de 2013

Beleza Verde: Testei: Loção Hidratante Doce Pecado Secrets Água de Cheiro



Oi gente!

O Beleza Verde vai falar sobre loção corporal. É um produto que já estou usando faz uns 2 meses. 

Eu nunca usei produtos da Água de Cheiro (pois sempre preferi O Boticário), mas já faz algum tempo que ganhei esse produto, estou usando e gostando muito.

A Água de Cheiro tem uma linha que se chama "Doce Pecado Secrets" com 3 fragrâncias de loção corporal hidratante: Amber, Pêra e Morango.

O que eu vou apresentar para vocês é o de pêra. Eu adoro hidratantes com cheiro de frutas e pêra é uma das minhas fragrâncias preferidas.

Sobre o produto: é uma loção hidratante e desodorante, ou seja, ao mesmo tempo que hidrata, perfuma. 

Embalagem: Achei super delicada, simples e bonita (acho que até já mudou, mas continua com as mesmas características).

Fragrância: como eu já disse, o cheirinho é de pêra, muito bom mesmo! Adorei!

Consistência e rendimento: otima consistência. Não é um hidratante grosso demais e nem ralo. Tem um ótimo rendimento. Ganhei em dezembro e ainda tem! Eu uso somente a noite, mas mesmo assim, uso no corpo todo e até hoje ainda não acabou!



Hidratação e absorção: o produto deixa a pele bem hidratada e perfumada e a absorção é super rápida, não deixando aquela sensação molhada por muito tempo e deixa a pele bem refrescante.  

Composição:




Apesar de não ser totalmente orgânico, a composição é cheia de ativos vegetais, tais como: 

  • Theobroma grandiflorum seed butter: manteiga de cupuaçu;
  • Helianthus annuus seed oil: óleo de girassol;
  • Pyrus communis: extrato de pêra;
  • Aloe barbadensis: extrato de folha de babosa.

O que estou achando: como já disse, estou gostando muito. Deixa a pele hidratada, perfumada e macia. Sensação de frescor. Pretendo continuar usando.

Preço: custa em torno de 22 reais.



Sobre a Água de Cheiro:

Como muitos já conhecem, é uma empresa brasileira, origem mineira, possuem diversos produtos de beleza, hidratantes, perfumes, maquiagens, entre outros.


Cruelty Free: A Água de Cheiro não testa seus produtos em animais e também não utilizam ativos de origem animal na composição de seus produtos. 




Resultado: produto aprovadíssimo!




Espero que tenham gostado!

Até o próximo post!

Abraços,


Beleza Verde: Um pouco sobre os ativos dos cosméticos



Oi gente!

Nesse post, resolvi falar um pouco sobre os princípios ativos dos cosméticos. Principalmente para sabermos se o que tem no nosso shampoo, máscara de hidratação, hidratantes, condicionadores, etc., são de origem animal, vegetal, marinha, etc.

Aqui no blog, eu sempre testo e recomendo produtos, muitas vezes não totalmente orgânicos, mas sempre de marcas que não testam em animais e não possuem ativos de origem animal. 

Por isso resolvi pesquisar para me familiarizar mais com o assunto e poder passar informações o mais corretas possíveis para vocês.

Então, vamos lá!

Primeiramente, existem diversos tipos de ativos de cosméticos:


1. Ativos de origem vegetal: extratos vegetais isolados ou asssociados, vegetais marinhos, proteínas e aminoácidos vegetais, associação de aminoácidos e extratos vegetais.

2. Ativos de origem animal: colágeno, elastina, placenta, cerebrosídeos e ceramidas, glicosaminoglicanas (ácido hialurônico).

3. Ativos biotecnológicos: colágeno de origem marinha, ácido hialurônico bio, lipossomas baseados em lecitinas vegetais, incrementadores do metabolismo celular substituindo a placenta, anti-oxidante de origem marinha.


ATIVOS DE ORIGEM VEGETAL




A natureza nunca esteve em tamanha evidência. A palavra produto natural passou a ter uso quase que obrigatório nos rótulo de produtos alimentícios e cosméticos.
No mundo cosmético, é uma grande fonte de matérias-primas para a elaboração dos produtos destinados à cosmetologia.

Agora, eis a pergunta: Existe cosmético integralmente natural? A resposta é não!

Um cosmético não pode ser exclusivamente elaborado com substâncias de origem vegetal. É tecnicamente inviável a não utilização de conservantes, antioxidantes e sequestrantes de origem sintética pois isso acarretará um produto facilmente contaminado por microrganismos que poderão causar sérios danos ao usuário. Os conservantes de origem natural não são tão eficazes quanto os sintéticos. Por outro lado um produto cosmético é um excelente meio para o crescimento de bactérias e fungos. 

Cosmético natural é aquele que dá preferência, sempre que possível, a ativos de origem vegetal visando suas propriedades benéficas com total inocuidade para o consumidor final.

Os ativos naturais podem ser:
 
Adstringentes:

São os que agem sobre os póros e folículos pilo-sebáceos da pele, provocando a sua constrição, reduzindo o seu diâmetro e controlando, desta forma a sudorese e a secreção sebácea.

Princíos ativos: taninos, flavonóides e ácidos orgânicos.

Emolientes e umectantes:

Nesta categoria destacam-se: algas, pepino, alface, babosa, camomila, abacate, jojoba, trigo, amêndoa doce, malva, rosa mosqueta, etc.

Tintoriais:

São os que contém pigmentos. Urucum, açafrão, henna, camomila, nogueira, amora, beterraba, cúrcuma, etc.

Tônicos e estimulantes:

Princípios ativos: terpenóides, alcalóides, ácidos graxos, saponinas, etc.

Plantas: alecrim, hera, calêndula, jaborandi, urtiga, centelha asiática, quina, guaraná, confrei, canela, etc.


ÁCIDOS VEGETAIS


  • ÁCIDO GLICÓLICO: proveniente da cana de açúcar;
  • ÁCIDO CÍTRICO: proveniente de frutas cítricas;
  • ÁCIDO MÁLICO: encontrado na maçã;
  • ÁCIDO TARTÁRICO: presente na uva.

BASES EMULSIONANTES VEGETAIS MULTIFUNCIONAIS

Proteínas vegetais (amêndoas, trigo, algas) acopladas com ácidos graxos: excelentes agentes emulsionantes formadores de cremes com muita boa aparência e estabilidade e com atividades protetoras da pele (anti-oxidante, hidratante, filmógena, emoliente).

CEREBROSÍSEOS (CERAMIDAS DE ORIGEM VEGETAL)

As ceramidas vegetais, também chamadas de cerebrosídeos vegetais, são originárias de extração do grão de soja e sementes de girassol.

MANTEIGA DE KARITÉ (SHEA BUTTER)

Gordura natural obtida pela pressão direta de castanhas (Shea Nuts) e refinada sem o uso de solventes. Excelente emoliente para prevenir e recuperar as peles secas, conservando a água dos tecidos. Usada como fonte natural de vitamina E com efeito anti-aging e hidratante. Em produtos solares, devido a sua forte absorção UVB e ações anti-irritantes, tem aplicação especial.

BIOTIVOS DE ORIGEM MARINHA: 


Atualmente, os extratos de algas são obtidos de forma seletiva, de maneira a concentrar os componentes com atividade biológica. São uma verdadeira alternativa aos ingredientes animais.

A água do mar é rica em vitaminas e sais minerais, as plantas e outras espécies marinhas são naturalmente ricas em oligo elementos, proteínas, frações lipídicas e outras substâncias que são excelentes para hidratar, suavizar e revitalizar a pele e os cabelos. Estas substâncias também contribuem para manter a firmeza, elasticidade e juventude da pele.

Poligalactosídeos sulfatados: Combina a atividade metabólica dos sais minerais, vitaminas e ácidos aminados contidos nas algas marinhas com os poligalactosídeos sulfatados formadores de gel que reagem de forma interiônica com a proteína queratina resultanto em: hidratação imediata perceptível após a aplicação (pele macia e aveludada), formação de película protetora diminuidora de irritação e vermelhidão (excelente pós-depilação, pós-barba e pós-sol), promoção do amaciamento gradual da pele fazendo com que as calosidades desapareçam.

Ativos de origem marinha alterantivos aos ativos de origem animal:

ELASTINA MARINHA: ativo anti-elastase e anti-protease que proporciona um aumento da síntise protéica e acelera a regeneração celular;
 
OLIGOS ELEMENTOS DE ALGAS VERMELHAS: para regeneração de cabelos frágeis extremamente finos e quebradiços.


ÁCIDO HIALURÔNICO MARINHO: hidratante profundo de ação prolongada;

GLICOSAMINOGLICANAS MARINHAS: restaurador e condicionador;

COLÁGENO MARINHO: possuindo propriedades idênticas ao tropocolágeno bovino, constitui-se no produto ideal para a sua substituição. Suas propriedades filmógenas conferem excelente hidratação e toque aveludado à pele;

FILTRO INFRA-RED MARINHO: alga biocerâmica coralífera;

ANTIOXIDANTE MARINHO: b.loqueia e efeito dos radicais livres sobre os lipídeos, proteínas (denaturação), carboidratos (hidrólise) e DNA (denaturação).

ATIVOS DE ORIGEM ANIMAL (ATIVOS BIOLÓGICOS)
  
 
COLÁGENO: O colágeno é uma proteína em forma de fibra com função estrutural.
Os extratos de colágeno para fins cosméticos são obtidos a partir de pele de animais jovens, geralmente, bovinos.

ELASTINA: A elastina também é uma proteína em forma de fibra, porém, é mais delicada. Os extratos de elastina são obtidos também de pele de bovinos.

PLACENTA: A placenta é um órgão que regula todas as trocas entre o organismo materno e o feto, desenvolvendo-se totalmente nos primeiros 3 meses de gravidez. A preparação dos extratos placentários é feita a partir de placentas animais e humanas.

CEREBROSÍDEOS E CERAMIDAS: Os cerebrosídeos, juntamente com ceramidas fazem parte de uma grande gama de lipídeos de membranas.

GLICOSAMINOGLICANAS (ÁCIDO HIALURÔNICO): É obtido a partir de cristas de galo onde o hormônio testosterona promove a sua formação. Outra fonte pode ser o cordão umbilical humano.



A postagem ficou um pouco extensa, mas acho que deu para esclarecer um pouquinho sobre os ativos dos cosméticos. O mais importante a saber, é sobre os ativos de origem animal, dos quais devemos fugir. 

Com certeza, essas empresas que utilizam em seus produtos, ativos de origem animal, devem testar os mesmos em animais. Portanto, não vamos contribuir para a crueldade!

 

 

Espero que tenham gostado.  

 

Abraços,

  

  Fonte: www.exbeauty.com.br/_gravar/.../ATIVOS_COSMETICOS.doc
 

 

26 de fevereiro de 2013

Beleza Verde: Testei: Oceanic Hair Máscara hidratante para cabelos com volume


Oi gente!

Hoje vou falar sobre mais um produto da Oceanic, parceira do blog.

Recebi uma amostra da máscara de hidratação para cabelos com volume. Como eu já disse aqui outras vezes, eu adoro máscaras de hidratação, já testei várias. Mas da Oceanic ainda não tinha testado.



Sobre o produto: Sua fórmula inovadora contém um complexo que proporciona brilho e maciez aos cabelos. Com exclusivo efeito pró-gravidade garante cabelos sedosos e com menos volume.

Indicação: como o próprio produto já diz, para cabelos com volume.

Embalagem: como recebi somente a amostra, não sei ao vivo como é, mas pela foto (tirada da internet), é simples e bonita.

Fragrância: o cheiro é bom, mas bem suave.  

Consistência: o produto é firme, mas não grosso demais. Cremoso, não tão encorpado, um pouco transparente.



Princípios ativos (os que eu consegui identificar, pois não entendo muito bem de fórmula).



Arginina: a arginina é considerada um aminoácio essencial. Ela representa 9% de todos os aminoácidos que compõem a fibra capilar, o que significa que ela é um dos principais componentes proteicos do cabelo. Ela estimula a micro-circulação para uma melhor nutrição do bulbo, favorecendo a troca de nutrientes entre a raiz e o fio. 

Phantenol: é uma pró-vitamina que, quando aplicada topicamente, penetra no cabelo e se transforma em vitamina B5, desta maneira, um constituinte natural da pele e dos cabelos.

Ácido cítrico: o ácido cítrico deixa o ph do produto mais baixo e tem ação anti-oxidante, renovando a fibra capilar. 

Amodimeticone: é esse princípio ativo que ajuda a reduzir o volume dos cabelos. Mantém a umidade dentro do eixo do cabelo,  facilita o ato de pentear, além de proporcionar brilho.


Obs.: Infelizmente, não consegui identificar nesse produto, qual o ativo que "vem do mar". No shampoo, por exemplo, que eu testei e já até fiz a resenha para vocês, tinha algas marinhas, mas nesse não vi nada (como eu disse, não entendo nada de fórmula. A minha amiga Erika Nasch é que vai poder ajudar! rs)
 

O que eu achei: eu gostei muito da máscara. Apesar da amostra vir pouco produto, deu para ter um bom resultado. Meus cabelos ficaram macios, hidratados e com brilho. Facilita bem para quem gosta de fazer escova ou chapinha. E quanto ao volume, reduz bem mesmo, eu tenho o cabelo liso, mas é volumoso, então deu uma boa diferença.

Pena que veio pouco produto e só deu para usar uma vez, mas vou acabar comprando! Pois gostei bastante e recomendo!


Preço: A máscara custa 34 reais e você pode comprar através da lojinha do blog, clicando aqui.


Sobre a Oceanic Cosméticos:


"A Oceanic nasceu da visão de que os Oceanos são uma das maiores riquezas do planeta e guardam ativos de grande potencial para o ser humano.  A partir dessa premissa, a Oceanic desenvolve Cosméticos de última geração com ativos de origem marinha, e ainda atua na proteção dos oceanos.  Ao usar um cosmético Oceanic você tem a experiência única nas cores, nas formulações, nas texturas... com resultados que só ativos de origem marinha podem garantir. Ao mesmo tempo, você nos ajuda a apoiar iniciativas de pessoas que trabalham para preservar o mar para futuras gerações. Missão da Oceanic: Mais do que uma marca de cosméticos, a Oceanic quer que seus produtos ajudem a preservar as praias e o mar." 


Cruelty free: os produtos da Oceanic não possuem substâncias de origem animal e não são testados em animais.
  



Resultado: Produto aprovadíssimo!


Espero que tenham gostado!

Abraços,

 

25 de fevereiro de 2013

E o Oscar vai para...



Oi gente!

Quem viu a entrega do Oscar ontem?

Adorei, pois a Anne Hathaway levou a estatueta como melhor atriz coadjuvante! Gosto muito dela, pois é uma ótima atriz e gosto muito de todos os filmes com ela!

Para quem não sabe, a estrela é vegetariana! Por isso resolvi fazer esse post!

Saiba mais um poquinho:

A atriz se esforça para manter uma dieta vegetariana desde os 12 anos de idade. Mas o estímulo maior aconteceu quando ela estava filmando “One Day” (em português, Um Dia). “Eu não sei o que aconteceu, mas eu não queria mais comer carne”, conta a atriz.
 
Anne não teve problemas para deixar de comer carne. Sua grande dificuldade foi parar de comer sushi e peixes no geral. Mas então a atriz leu o livro “Eating Animals” (comendo animais) de Jonathan Safran Foer e encontrou uma motivação.

“Eu realmente gosto do sabor, mas eu não consigo suportar a forma como os peixes são criados e capturados”, diz a atriz. Anne contou ainda que continua frequentando restaurantes japoneses com seus amigos, mas que sempre come deliciosos rolos de pepino.



Ainda não assisti "Os Miseráveis", mas pretendo, logo, logo! Quem assistiu, depois me conta se gostou!

Muita gente está criticando o vestido da atriz na entrega no Oscar, mas o que importa é que ela é super talentosa!

Parabéns em dobro para ela, pela premiação e por ser vegetariana!



Abraços,



Beleza Verde: Como turbinar sua máscara de hidratação



Oi gente!

Hoje a dica do Beleza Verde é sobre hidratação. 

Eu adoro hidratar os cabelos usando máscaras de hidratação. Mais para que elas fiquem mais potentes, deixando os cabelos com mais brilho, sedosidade e saúde, gosto de acrescentar ampolas de tratamento. 

Por isso, vou apresentar para vocês 3 ampolas da marca Vita Seiva, que comprei para potencializar a minha hidratação. 

Para fazer isso, você vai precisar:

  • Uma boa máscara de hidratação (existem diversas marcas no mercado. Aqui no blog já falei da Phytoervas, Novex, Salon Line. Todas são ótimas);
  • Ampolas (no mercado existem várias, de queratina, vitaminas, ceramidas, pantenol, óleo de argan, etc);
  • 1 colher de plástico (tamanho de colher de sobremesa - não é bom usar nada de metal, pois oxida);
  • 1 recipiente ou pote, com tampa, de plástico.

Como eu fiz: coloquei uma colher de cada líquido da ampola e misturei na máscara. 

Dica: não misture em muita quantidade. Se o pote for grande ou tiver muito produto ainda, não misture em tudo. Se tiver um pote à parte, coloque um pouco da máscara e misture as ampolas. A quantidade de máscara pode ser o suficiente para usar umas 3 vezes, para não ficar velha ou estragar o produto. Não é bom misturar muito das ampolas também não, para não carregar demais. Ex.: queratina em excesso, pode provocar quebra dos fios.

As que eu usei foram:

Ampola de queratina: dose concentrada. Reconstrução de fios danificados. O melhor, quando for colocar queratina, é escolher uma máscara que não tenha queratina.


Ampola 3 em 1: dose concentrada. Vitaminas A, E, B5. Hidratação, fortalecimento e brilho.


Ampola de óleo de Argan: Ouro marroquino. Excelente para hidratar e recuperar o brilho natural dos cabelos.

 
Como usar: Aí é só fazer a hidratação normalmente. Deixando agir o produto nos cabelos, por pelo menos 15 minutos, para que haja uma boa absorção das propriedades. Se quiser, coloque uma touca de hidratação.

Resultado dos cabelos: eu adorei! Muito brilho, maciez, sedosidade, leveza. 

Essas ampolas são super baratinhas, custando em torno de 2 a 3 reais. 

Podem ser encontradas em qualquer farmácia ou loja de cosméticos. Eu comprei naquelas farmácias de bairro.

A Vita Seiva é uma marca da Santé Cosmética (empresa mineira), e possui ótimos produtos, à base de ativos vegetais e naturais. Existe uma linha completa e maravilhosa de Óleo de Argan - Ouro Marroquino. (clique aqui para conhecer). 

Além disso é Cruelty Free, ou seja, não fazem testes dos seus produtos em animais!


Espero que tenham gostado!

Abraços,

Estamos de Volta

Olá pessoal, para avisar que estamos de volta com o  https://www.beautyinforlife.com/  e que agora vamos manter ele para valer. Sigam co...