31 de outubro de 2018

BELEZA NATURAL: SAIBA COMO A ALIMENTAÇÃO PODE INFLUENCIAR NOS CABELOS, UNHAS E PELE



O segredo para ter uma pele perfeita começa na mesa. Ao contrário do que muitos pensam, uma alimentação natural e nutritiva é o método mais eficaz de garantir a saúde e beleza da cútis. Além de ser muito mais seguro e econômico do que investir em tratamentos estéticos caros e, muitas vezes, invasivos. Um cardápio saudável pode ajudar a reduzir a oleosidade e deixar a pele bonita, hidratada, livre de manchas, acnes e, até mesmo, ruguinhas e marcas de expressão.

Basta observar os rótulos dos principais cremes e cosméticos para notar que suas fórmulas contam com componentes antioxidantes, além de vitaminas e minerais. E esses nutrientes são extraídos, justamente, dos alimentos. Essas substâncias são a base da construção dos nossos tecidos, por isso, nada melhor do que suprir essa necessidade de dentro para fora antes de recorrer a métodos mais extremos para melhorar a aparência da pele. Além de saborosos, alguns alimentos também são funcionais. Conhecidos também como superalimentos, eles possuem propriedades que ajudam a ativar a circulação sanguínea, combatem inflamações e ainda são fontes de vitaminas que estimulam a renovação da pele.

Beleza de dentro para fora


Pode se preparar para dar uma passada na feira porque o tratamento de beleza mais indicado pelos médicos vem diretamente da cozinha. Segundo a médica Maria Clara Couto, consultora do portal Use Orgânico, "Uma dieta balanceada, que prioriza ingredientes naturais, é capaz de fornecer todo o aporte nutricional que o organismo precisa para se manter saudável, e isso também se reflete na aparência da pele, unhas e cabelos. Por isso, um cardápio rico em substâncias antioxidantes, fibras, citrinos, vitaminas e sais minerais é fundamental para a saúde das células e tecidos” – afirma a especialista em dermatologia. Segundo ela, essas substâncias são responsáveis pela maciez e o brilho natural da pele, fortalecimento das unhas e, até mesmo o crescimento capilar.

De olho na composição


Sabe aquelas receitas da vovó, cheias de ingredientes caseiros e naturais? Elas voltaram com tudo e estão em alta no mundo da beleza. Inclusive, os alimentos também invadiram o setor de cosméticos. Atualmente as marcas investem cada vez mais nessa matéria prima em detrimento de substâncias geneticamente modificadas, componentes sintéticos e aditivos químicos.
Além de nutrir de dentro para fora, as propriedades benéficas desses ingredientes também podem ser aproveitadas no uso tópico, como é o caso de muitos produtos para o cabelo, pele e unhas que encontramos no mercado. A proposta é nutrir, potencializar a saúde, prevenir os danos externos e minimizar a ação do tempo. Para garantir um tratamento ainda mais eficaz e completo a especialista afirma que é possível aliar uma alimentação saudável ao uso desses cosméticos naturais. Por isso, vale a pena, além da dieta, ficar de olho na composição dos seus produtos de beleza.
Confira a seguir alguns dos principais ingredientes que devem estar regularmente em seu cardápio e na fórmula dos seus cosméticos para potencializar ainda mais sua saúde e beleza.

Óleo de coco:


Além de deliciosa, essa fruta rende dois derivados muito famosos, tanto na culinária brasileira quanto no ramo dos cosméticos: o leite e o óleo de coco. Entre os óleos vegetais, o do coco especificamente é, sem dúvidas, o queridinho de quem busca uma rotina mais saudável. Consumido em receitas doces, salgadas ou em substituição do óleo comum em preparações mais leves, esse ingrediente é rico em ácidos graxos essenciais e vitamina E, ideais para manter a pele hidratada, macia e longe das rugas, por isso é muito comum encontrá-lo na composição de cosméticos hidratantes para a pele e cabelos. Além disso ele contém ácido láurico, um agente antibacteriano e antiviral poderoso, capaz de proteger o corpo contra vírus, infecções e inflamações.

Leite de coco

Já o seu leite, além de substituir o leite de vaca para aqueles que sofrem com alergia à lactose, também é muito usado em sobremesas e receitas. Rico em vitamina C, B1, B3, B5 e B6, além de sais minerais essenciais como cálcio, selênio, magnésio, fósforo, ferro, potássio, cobre, zinco e manganês, o leite de coco ajuda a proteger contra os efeitos nocivos da radiação ultravioleta do sol e promove uma pele e um cabelo mais saudáveis​​. Ele também é eficaz no tratamento de queimaduras solares, no uso tópico, reduzindo a vermelhidão e restaurando a umidade da pele, além de suavizar e prevenir o ressecamento e a descamação.

Abacate:


Rico em óleos que restauram a hidratação natural da pele e dos cabelos, o abacate pode ser usado in natura diretamente sobre a área tratada. Mas, atualmente, também é possível encontrar diversos cremes e produtos capilares com o óleo da fruta como princípio ativo e, além da hidratação, um de seus efeitos mais notáveis é o brilho que ele confere às madeixas. Para ficar ainda melhor, ele pode ser aplicado em qualquer tipo de pele ou cabelo, pois não provoca oleosidade excessiva, pelo contrário, suas gorduras boas são importantes para garantir mais elasticidade. O abacate também é uma ótima fonte de vitaminas A, D e E, e o uso tópico é indicado à vontade, no entanto, como alimento, a fruta deve ser consumida com moderação, já que, em excesso, pode colaborar para o ganho de peso.

Frutas cítricas:


A vitamina C presente nessas frutas ajuda a proteger a pele dos danos solares e ainda contribui para a formação do colágeno. Além de consumir a fruta in natura ou em receitas mais elaboradas, também é possível aplicar diretamente na pele ou misturar com outros ingredientes e cremes para potencializar os efeitos. Esse nutriente, além de ser um poderoso antioxidante, ainda tem a função de uniformizar o tom da pele. Por isso, inclua na sua rotina frutas como limão, acerola, laranja, kiwi, morango entre outras frutas.

Cenoura


Esse alimento é muito famoso no verão, já que age turbinando o bronzeado, mas os seus benefícios não param por aí. O ácido lipóico, presente na cenoura, é capaz de revitalizar a pele do rosto e, de quebra, ainda ajuda a combater os radicais livres, prevenindo contra o aparecimento das rugas e o envelhecimento precoce da pele, graças às suas propriedades antioxidantes. Ela também concentra uma boa quantidade de vitamina A, graças aos seus betacarotenos, que são precursores desse nutriente, por isso ela é muito eficaz no tratamento de acne e peles oleosas. E ela ainda atua na síntese do colágeno, proteína que garante mais firmeza à pele.

Mel


Além de ser delicioso e amplamente usado na culinária, esse ingrediente natural possui imensa versatilidade quando a receita é voltada para a beleza. Aplicado na pele ou nos cabelos, o mel tem a função de esfoliar o corpo, quando misturado a algum agente, hidratar lábios ressecados, clarear manchas, aliviar queimaduras provocadas pelo sol e tratar os cabelos. Ele contém ácido glucônico, que ajuda na remoção de células mortas, promovendo o aspecto saudável na pele. Sua composição é rica em água, minerais, aminoácidos e vitaminas do complexo B, C, D e E, por isso ele não pode ficar de fora da sua rotina de cuidados com a pele e cabelos.

Ovo


Esse superalimento já sofreu com uma injusta fama, mas, nos últimos tempos a ciência provou que, além de ser um ingrediente do bem, ele também é fundamental para a nossa saúde, por isso não pode ficar de fora da dieta. Mas a proteína do ovo tem um potencial ainda maior, por isso, é cada vez mais comum encontrar receitas caseiras que incluam o ingrediente e, até mesmo, diversos cosméticos que já exploram seus benefícios em suas fórmulas. Graças ao seu alto teor de minerais, como o enxofre, além das vitaminas A, B, D e E, o ovo atua no fortalecimento capilar, promovendo o crescimento saudável dos fios. E seus benefícios se estendem também para as unhas e pele. A albumina, presente em grande quantidade no alimento, é uma proteína poderosa com poder cicatrizante e efeito tensor que ajuda a deixar a pele mais lisa e minimizar a flacidez.

Quanto mais natural melhor


Para potencializar ainda mais os efeitos da alimentação e dos cosméticos a dica da especialista é apostar em ingredientes naturais e marcas confiáveis: “A alimentação correta pode fazer toda a diferença em um tratamento para a pele, seja ele estético ou dermatológico. É possível aliar a dieta a receitas caseiras para o uso tópico e produtos cosméticos funcionais. Além disso, é importante buscar a orientação de um especialista para verificar o que é mais adequando ao seu tipo de pele. Para quem deseja extrair o máximo de benefícios com segurança, o ideal é investir em produtos que priorizem os ativos da natureza, reduzindo a quantidade de substâncias sintéticas e aditivos químicos, que podem causar danos a longo prazo. Por isso, investir no natural não é só mais saudável, como também é uma forma de prevenção” – finaliza a especialista.


Fonte: Use Orgânico

28 de outubro de 2018

AS MELHORES DICAS PARA VIAJAR MAIS E GASTAR MENOS

Quem não gosta de viajar e ainda mais gastando menos? Isso é possível se você seguir
algumas dicas que daremos neste artigo, confira!



Quem não gosta de viajar? Ainda mais com o fim de ano chegando? Pois é, fazer uma
viagem é uma ótima escolha para conhecer novos lugares, culturas diferentes e claro,
relaxar e descansar bastante.

Muitas pessoas sonham em conhecer diversos países, mas a questão financeira
costuma pesar nesta hora, porém dá para viajar sem gastar tanto e é isso que vamos
explicar com as dicas abaixo!

PLANEJAMENTO

A primeira dica e uma das mais importantes é ter planejamento. O que queremos
dizer com isso? Não tenha pressa ou ansiedade em gastar seu dinheiro na primeira
opção que aparece. Prepare tudo com antecedência, veja no calendário quando
estará de férias ou se haverá algum feriado prolongado e organize-se, pois ajuda
a diminuir os gastos com imprevistos, por exemplo.

No geral, para economizar é preciso ter cautela, paciência e verificar as melhores
opções disponíveis e que cabem no seu bolso, o que nos leva segunda dica.

PESQUISE

Procure na internet sobre promoções de passagens, compare, confira qual hotel,
albergue ou outro tipo de hospedagem compensa mais e claro, veja qual destino é
compatível com o que você recebe.

MILHAS

Você já ouviu falar nesses programas de milhagens? Eles podem te ajudar a economizar,
pois quanto mais viagens você fizer, mais milhas irá acumular e depois é possível trocar por
novas passagens.

VEJA TAMBÉM: COMO ACUMULAR MILHAS E VIAJAR GASTANDO MENOS

TRANSPORTE PÚBLICO

Utilize o transporte público que o lugar oferece, trem, metrô, ônibus... e quando possível,
vá andando, pois isso te ajuda a economizar, você consegue observar melhor as coisas
que acontecem em sua volta e até ajuda a manter a saúde em dia, pois caminhar faz bem.

Então nada de táxi ou uber, a não ser que seja uma situação que não tenha jeito e você
precise utilizar um desses meios. Lembrando, essas dicas são sugestões para que você
possa seguir, não obrigações.

DEFINA UM LIMITE

Essa dica pode parecer um pouco difícil de cumprir, mas é essencial que você defina
quanto vai gastar por dia, em alimentação, por exemplo. O que nos leva novamente as
questões de planejamento e pesquisa.

Consulte na internet ou em aplicativos sobre lugares mais baratos para comer ou que
ofereça cupons de desconto, pesquise e tenha planejamento para evitar gastos
desnecessários e que podem pesar no final da viagem.

TEMPORADAS

Talvez você já tenha ouvido essa dica, mas ela é ótima no quesito economia.
Viaje em períodos de baixa temporada, pois além de gastar menos, o destino
não estará tão cheio, como em Réveillon ou Carnaval e assim, você terá mais
tranquilidade em aproveitar o lugar e facilidade para encontrar hospedagens.

WI-FI

Hoje em dia parece impossível viver sem wi-fi, não é verdade? A maioria das
pessoas quer estar conectada o tempo todo, mas isso gera um gasto a mais se
você for comprar um plano para usar o celular fora do país, por exemplo. Parece
besteira, mas é um gasto que pode ser evitado.

Por isso, utilize o wi-fi do local onde está hospedado ou onde haja pontos gratuitos.
Preocupe-se em fazer contatos pessoais, conheça as pessoas e converse, isso só tende
a agregar à sua viagem.

ESTACIONAMENTO

Por fim, se for preciso deixar o veículo no aeroporto, faça pesquisas como,

“qual estacionamento próximo ao aeroporto de Guarulhos?”, pois isso
ajuda a ter uma economia no bolso, além, claro, de garantir segurança em
deixar o automóvel em um local seguro e de confiança.

27 de outubro de 2018

7 DICAS INDISPENSÁVEIS PARA CUIDAR DA SAÚDE DOS SEUS FILHOS

Siga essas recomendações para propiciar um melhor desenvolvimento infantil e preservar a saúde dos bebês e das crianças 


Crendices populares, achismos, experiência própria. Quem tem filhos sempre recebe recomendações de todos os lados para cuidar da saúde deles, mas muitas dessas informações podem estar erradas. Por isso, se tiver dúvidas, consulte um especialista. No entanto, algumas dicas são consenso, como proporcionar ambientes tranquilos e saudáveis, a prática de atividades físicas e brincadeiras, além de seguir corretamente o calendário de vacinação. Abaixo, confira algumas formas de prevenir certas doenças e proporcionar uma vida mais saudável para os bebês e crianças.

1 - Mantenha a vacinação em dia

As vacinas garantem a defesa contra vírus e bactérias por meio da criação de anticorpos. Como o sistema imunológico da criança ainda está em formação, é fundamental seguir o calendário da carteira de vacinação. Além disso, o programa de imunização brasileiro é reconhecido como um dos melhores do mundo. A vacina contra a gripe, por exemplo, deve ser tomada todos os anos e é disponibilizada em postos de saúde.

2 - Estimule atividades físicas e brincadeiras ao ar livre

O desenvolvimento infantil está diretamente relacionado com a prática de atividades físicas e brincadeiras ao ar livre. Elas estimulam o desenvolvimento motor e psicossocial dos pequenos. Por isso, incentive a prática dessas atividades, para manter o corpo sempre saudável e também para propiciar um ambiente de diversão, com jogos, brincadeiras e muitas atividades ao ar livre.

3 - Ajude a criança a dormir

Os hormônios do crescimento são produzidos durante o sono. Se a criança não dormir bem, o desenvolvimento dela pode ser afetado. Para ajudá-la a dormir, você pode contar histórias tranquilas e criar rituais de relaxamento. Uma hora antes de ir para a cama, também evite que elas façam uso de dispositivos tecnológicos ou fiquem em frente à televisão. A luminosidade proveniente desses equipamentos atrapalha o ato de dormir.

4 - Proporcione uma alimentação variada

Ter uma alimentação rica em nutrientes é um dos principais fatores para prevenir doenças. É comum, nessa fase, as crianças criarem resistência a frutas, verduras e legumes. Insista quanto à ingestão desse tipo de alimento, mesmo que ela recuse nas primeiras vezes. É importante mostrar todas as variedades existentes de comida para ampliar o repertório de sabores. Dessa forma, a alimentação se torna mais rica e saudável. No caso do bebê, ele deve receber aleitamento materno durante os seis primeiros meses de vida.

Na hora em que a criança for se alimentar, é importante se livrar de distrações de tecnologias como smartphones, tablets e TV. Isso é essencial para que a criança crie uma boa relação com a comida.

5 - Ofereça um ambiente saudável

O desenvolvimento biopsicossocial da criança depende de um ambiente harmônico e tranquilo. Sabe aqueles programas policialescos, repletos de violência? Tente evitar o consumo deles. Gritos e discussões acaloradas também podem ser prejudiciais. Os videogames com cenas violentas são outra polêmica tanto no mundo acadêmico quanto na sociedade. Enquanto alguns especialistas afirmam que eles podem ser muito prejudiciais, outros pesquisadores chegaram à conclusão de que o efeito é limitado e apenas em pessoas que possuem transtornos de personalidade. O consenso vai em direção ao equilíbrio: nada de expor os pequenos a um excesso de cenas violentas, independentemente da mídia em que estão.

6 - Mantenha a higiene

Para evitar a proliferação de vírus e bactérias, é fundamental manter a higiene. Lavar sempre as mãos depois de ir ao banheiro e antes de comer com sabão neutro e água corrente, e cobrir a boca ao espirrar ou tossir são alguns exemplos. Mas aqui também cabe a dica do equilíbrio. A higienização excessiva diminui a imunidade das crianças, assim como a capacidade de recuperação depois de ferimentos. Portanto, o contato com o mundo e com as brincadeiras é saudável e recomendado. O uso excessivo de produtos de assepsia também elimina boas bactérias.

7 - Deixe o ambiente climatizado

O verão está chegando e, com ele, as altas temperaturas. Nesse período, você pode investir em um ambiente climatizado com umidificadores, toalhas molhadas e até mesmo um ar - condicionado split para refrescar o ambiente. No último caso, certifique-se de que o ar-condicionado recebeu a manutenção adequada e foi devidamente higienizado, para evitar o acúmulo de sujeira, o que pode desencadear crises alérgicas e respiratórias. Para os bebês, a temperatura ideal é 25 graus.

21 de outubro de 2018

SAIBA COMO O BCAA AUXILIA NO GANHO DA MASSA MUSCULAR



O BCAA é uma sigla em inglês para o termo “Branched Chain Amino Acids”, ou aminoácidos de cadeia ramificada, em português. Mas o que significa isso? Os aminoácidos são moléculas com estruturas específicas, também presentes nas fibras musculares. Quando se ligam, dão origem às proteínas, um dos principais nutrientes para o corpo humano. Os aminoácidos que compõem o BCAA são leucina, isoleucina e valina, todos eles na categoria de essenciais – ou seja, precisam ser adquiridos por meio de alimentação ou suplementação.

Muitos praticantes de academia utilizam o suplemento para evitar a perda ou aumentar o ganho de massa muscular. Estudos comprovaram que o BCAA aumenta a tolerância ao esforço físico, fator que pode ser influenciado por questões ambientais, condicionamento físico, tipo de exercício e nutrição. Além disso, ele promove a síntese de proteínas musculares e reduz a fadiga ocasionada pelas microlesões durante o exercício.

Com todos esses benefícios, o suplemento é visto como uma forma de voltar rapidamente para as atividades físicas diárias, além de reduzir as dores musculares. Por isso, o suplemento é usado tanto no pré como no pós-treino. O BCAA também é consumido por praticantes de exercícios de longa distância, como maratonas. Nesse caso, o desgaste provocado pelo esforço físico pode comprometer o funcionamento do sistema imune. O suplemento também foi associado com a recuperação do sistema imunológico e de uma recuperação mais rápida, o que pode fortalecer as defesas criadas pelo organismo.

Apesar de todos esses pontos positivos, cabe uma ponderação. É verdade que o BCAA aumenta a síntese proteica, mas isso não significa, automaticamente, que seja melhor usar suplementação em vez dos alimentos ricos em aminoácidos. No geral, o recomendado é nunca substituir a sua dieta alimentar por suplementos, e sim utilizá-los para objetivos específicos e em conjunto com uma alimentação balanceada.

O nutricionista é o principal profissional para ajudar você com essas decisões. Ele será capaz de analisar o seu estilo de vida, os alimentos que consome e os níveis de proteínas, vitaminas, minerais, carboidratos e gorduras presentes no seu organismo. A partir desses e de outros fatores, o especialista indicará um plano alimentar adequado para suas necessidades, seja um treino de alto rendimento ou uma prática moderada de atividades físicas.

13 de outubro de 2018

SAIBA COMO TER O CABELO DA ALINNE MORAES NA NOVELA ESPELHO DA VIDA



A atriz Alinne Moraes está na nova novela das 18h, O Espelho da Vida, e vem chamando bastante atenção dos telespectadores por causa dos cachos abertos e também por causa da sua coloração.
O hairstylist do Atelier Tatiana Araújo, Ricardo Moraes, diz que o corte de cabelo com base reta não valoriza os cabelos cacheados, pois deixa os fios sem movimento, por isso invista no Messy Hair para deixar os cachos soltos e com movimento.
O efeito do Messy Hair é deixar os fios bagunçados dando a ideia que não foram penteados, isso funciona, pois aumenta o volume e para os cabelos cacheados os cachos ficam abertos.



Por exemplo, se antes deixar o cabelo bem penteado e arrumado, sem um fio sequer fora do lugar, era a regra padrão para não fazer feio no meio da rua ou nas festas e eventos, hoje deixar as madeixas um pouco mais bagunçadinhas e com fios desconexos é uma tendência moderna, sexy e jovial para quem é uma mulher antenada no mundo da moda e beleza.
Apesar de, a princípio, a ideia de deixar as madeixas bagunçadas remeter à falta de cuidados com os fios, não é bem assim que o estilo Messy Hair funciona. Neste caso, o visual desarrumado é pensado e intencional, com o intuito exclusivo de dar um ar mais charmoso e despojado no cabelo de quem o faz.

LEIA TAMBÉM: HAIR STYLIST DÁ DICAS PARA TER CABELOS BONITOS EM CASA

Mulheres com cabelos ondulados, cacheados ou crespos são as que se adaptam melhor ao Messy Hair, já que possuem “ondas” ou cachos naturais e que podem ser facilmente texturizados para garantir um ainda melhor efeito bagunçado ou desarrumado, que é o que pede o estilo.
A dica, nestes casos, é lavar e hidratar bem os cabelos e secá-los bem com a ajuda de uma toalha (de preferência, de microfibra). Em seguida, aplique um creme para pentear ou leave-in em toda a extensão dos fios e vá amassando-os em direção à raiz para estilizar bem o cabelo, do modo que preferir.
Feito isso, é só deixar os cabelos secarem naturalmente e, depois de secos, ir bagunçando os fios com os dedos.

Gostaram das dicas?

Deixem seus comentários! Até a próxima!

12 de outubro de 2018

BOTOX: ENTENDA COMO USAR ESSE PROCEDIMENTO AO SEU FAVOR



Pode parecer bobagem para muitos, mas o aumento da procura para o uso da toxina botulínica deve-se a maior preocupação de homens e mulheres em relação a sua aparência. Popularmente conhecida como Botox®, a toxina tem grande poder rejuvenescedor, sendo que o procedimento estético pode ser usado ainda como prevenção ao surgimento das rugas dinâmicas e das linhas de expressão.
Segundo dados de um Censo promovido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o Botox® é o procedimento não cirúrgico de maior procura pela população em todo o país. Sendo que este tipo de tratamento cresceu 390% de 2014 até 2016, conforme dados da sociedade.
Dados estatísticos a seguir, mostram que a toxina botulínica pode promover alguns milagres, sendo eles:
- Minimização das rugas dinâmicas na testa;
- Surgimento de vincos entre os olhos, na região da glabela;
- Dos pés de galinha, ou linhas que surgem ao lado dos olhos;
- Pode ser usado para arquear as sobrancelhas, melhorando a harmonia facial;
- Impede o surgimento de novas rugas e linhas de expressão nas regiões mencionadas.
Um estigma associado a aplicação do Botox® refere-se ao seu uso nos lábios. A toxina botulínica não pode ser aplicada nos lábios, pois sua função pode prejudicar o paciente ao invés de trazer a beleza tão almejada por quem se submete ao tratamento. Nos lábios a substância usada é o ácidohialurônico.

Benefícios da aplicação do Botox®

Mas como o Botox® promove tais melhorias nas rugas e linhas de expressão? Simples, a toxina tem o como função paralisar o músculo, uma vez que a sua produção se origina a partir de uma bactéria, a Clostridium botulinium.
A Clostridium botulinium quando manipulada e transformada na toxina botulínica A, auxilia em tratamentos estéticos de rejuvenescimento facial. O produto é aplicado com o auxílio de uma agulha, sendo que em contato com a musculatura faz com que os impulsos de movimentação da região sejam paralisados, impedindo a movimentação acentuada da região.
Por exemplo, pacientes que têm o habito de enrugar a testa ao falar e formam as rugas intituladas de dinâmicas (devido a movimentação), podem aplicar o Botox® na região e fazer com que essa movimentação seja minimizada. O resultado é a quase eliminação desses vincos formados – eles ficam bem menos evidentes e com aspecto de preenchidos – e impede ainda a piora e o surgimento de novas marcas.

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA OS TIPOS DE PREENCHIMENTOS DISPONÍVEIS NO MERCADO

O procedimento estético tem sido amplamente usado por pacientes entre os 20 e 30 anos como forma de prevenção, já que o Botox® impede o desenvolvimento desses vincos e sulcos na pele. Mas, ele pode ser usado por pessoas tão jovens? A resposta é sim, desde que usado com cautela, para evitar aquele aspecto muito manipulado.
Antes pessoas que utilizavam Botox® ficavam com um aspecto muito artificial devido ao exagero na aplicação. Hoje, tanto cirurgiões plásticos quanto dermatologistas dosam melhor a quantidade a ser aplicada no paciente, tornando o resultado extremamente natural.
Por ser amplamente utilizado hoje, o Botox® está bem mais acessível, o que aumenta o número de adeptos em todo o país. Isso sem deixar de mencionar que a aplicação da toxina não impede ser feitos outros tratamentos. Consulte seu cirurgião plástico e veja os benefícios da toxina botulínica.

Gostaram das dicas?

Deixem seus comentários! Procure sempre a ajuda de um bom profissional!

Até o próximo post!

11 de outubro de 2018

VERÃO 2019: O QUE ESTARÁ EM ALTA NO MUNDO DA MODA


crédito: divulgação

4 CUIDADOS PARA GARANTIR A SEGURANÇA DAS CRIANÇAS NA PISCINA




Toda atenção é fundamental para que as brincadeiras dentro da água sejam divertidas e sem riscos



Tomar um banho de piscina é muito refrescante, principalmente no verão -- ainda mais para as crianças, que se divertem durante essa estação. Os pais, por sua vez, possuem algumas preocupações quanto à segurança de alguma piscina e como tornar essas brincadeiras saudáveis e sem riscos. Os afogamentos são a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos. Por isso, todo cuidado é pouco. Abaixo, confira quatro dicas para o seu filho não correr risco algum:

1 - Não tire os olhos da criança

Pode parecer uma dica básica e até óbvia, mas não é. Sabe quando você decide pegar um refrigerante ou um salgado para o seu filho e o deixa completamente sozinho? Poucos segundos podem ser cruciais nessa situação. Portanto, sempre fique de olho nas crianças enquanto elas estiverem na piscina, para evitar que elas sofram algum acidente ou se afoguem. Toda atenção é pouca. Por isso, também evite se distrair com o celular enquanto os pequenos estiverem na água.

2 - Tome precauções técnicas

No caso das crianças frequentarem a piscina de casa ou do condomínio, é necessário revisar o projeto técnico, principalmente se ela tiver mais de 15 anos. As regras de filtragem devem ser respeitadas, porque é onde está a grande parte dos acidentes. A piscina precisa ter mais de um ralo para dividir a pressão e não sugar as crianças nem partes do corpo, como o cabelo. A distância mínima entre eles deve ser de 1,5 metro. Tampas especiais também podem ser colocadas nos ralos para impedir a sucção. Se todas essas precauções forem tomadas, o filtro de piscina pode ser ligado mesmo quando tiver alguém dentro dela -- fica a critério da família.

3 - Impeça brincadeiras perigosas

É difícil controlar o ímpeto das crianças, ainda mais quando elas são menores e em maior quantidade. Mas o objetivo é sempre impedir que elas pratiquem brincadeiras perigosas, como é comum acontecer. Os pequenos não devem brincar de caldo nem empurrar uns aos outros. Tais brincadeiras podem machucar e até levar à morte em alguns casos. Correr em volta da piscina também não é recomendado, porque pode provocar acidentes e afogamentos.

4 - Crianças nunca devem entrar na piscina sem um adulto

Não deixe seu filho pequeno entrar na piscina sem a supervisão de um adulto. O recomendado é que sempre tenha uma pessoa maior de idade dentro da piscina com as crianças, para diminuir ainda mais os riscos de algum acidente ou afogamento. Sabe aquela expressão “motorista da rodada”? Ela pode ser adaptada para esse contexto. Sempre deve haver um adulto atento e sóbrio para supervisionar os pequenos. Outra dica é não deixar brinquedos e objetos que chamem a atenção das crianças dentro da piscina quando não tiver ninguém por perto.

10 de outubro de 2018

UNHAS: O QUE A APARÊNCIA DELAS DIZ SOBRE A SUA SAÚDE



O corpo dá sinais de quando algo não está bem. É importante dar atenção a estes sintomas. A mesma regra vale para as unhas. Elas são estruturas compostas por queratina e têm a função de proteger a ponta dos dedos de diversos tipos de traumas. Só por isso já seria um bom motivo não deixá-las de fora da rotina diária de cuidados. O aspecto e a saúde das unhas também ajudam a identificar uma série de doenças como: problemas no fígado, rins, diabetes, insuficiência cardíaca e até meningite e anemia.

Saiba como identificar as manchas nas unhas:

Manchas brancas: são geralmente causadas por trauma na chamada lâmina ungueal, nome dado a produção cutânea formada de queratina compactada (a oniquina), que é composta de proteína, enxofre, cistina, arginina, água, cálcio e ferro. Esses machucados podem acontecer na manicure, por exemplo. Quando as unhas ficam totalmente brancas e descolam na extremidade, apresentando o esbranquiçado também por baixo, é possível que seja um quadro de fungos nas unhas, conhecido como onicomicose. 

Manchas marrom-enegrecidas: segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) esse tipo de mancha pode indicar tanto condições benignas (como uma micose com coinfecção bacteriana), quanto um problema mais grave: o melanoma (tipo de câncer) do aparelho ungueal. É um sistema do organismo do qual fazem parte a lâmina ungueal e também o leito ungueal (a parte abaixo das unhas das mãos e dos pés).

“A doença é agressiva e pode facilmente se disseminar para outros órgãos. O problema pode surgir inicialmente na forma de faixas longitudinais escuras. O melanoma é motivo de suspeita quando essas faixas apresentam diferentes tonalidades e espessuras – e, ainda, se possuem pigmento escuro na cutícula”, enfatiza a doutora Luciana Maluf, dermatologista e consultora de beleza da Condor.

Unhas brancas e avermelhadas: o branco perto da cutícula e o vermelho em direção à ponta da unha podem significar doenças nos rins. O problema também pode surgir após sessões de quimioterapia.

Marcas brancas junto às cutículas: a presença dessa característica nas dez unhas das mãos, com exceção da ponta, pode indicar diabetes, insuficiência cardíaca e cirrose hepática.

Tom amarelado e textura espessa: unhas amareladas, com aumento da curvatura, espessamento e crescimento lento podem caracterizar doenças no pulmão e no intestino.

Depressões e furos: nesses casos, as possibilidades incluem diferentes doenças de pele, como a psoríase. A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) define essa enfermidade como “comum, crônica e não contagiosa”. Os sintomas desaparecem e reaparecem periodicamente. A causa é desconhecida, mas se sabe que pode estar relacionada ao sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética.

Unhas fracas e quebradiças: ao lado da palidez, do cansaço e da queda de cabelo, essa característica das unhas pode indicar deficiência de ferro no organismo, a chamada anemia. O afinamento e o enfraquecimento das unhas também podem apontar alterações na tireoide (hipertireoidismo).

Unhas frágeis, que se descolam ou escamam: por haver pontos hemorrágicos, a região também fica dolorida e pode ser indício de algum distúrbio digestivo.

Pequenas manchas roxas: é um alerta para o perigo de doenças infecciosas graves, como a meningite e a septicemia. Elas acontecem quando uma infecção bacteriana em outra parte do corpo, como pulmões ou pele, consegue se espalhar pela circulação sanguínea.

“Reuni algumas características perceptíveis nas unhas que podem indicar a presença de possíveis complicações de saúde. Mas lembre-se de que o mais prudente é sempre consultar seu médico. Ao verificar algumas das situações citadas aqui ou qualquer condição que altere o aspecto natural das unhas, é imprescindível a consulta a um dermatologista para um diagnóstico preciso e para as devidas indicações e encaminhamentos”, ressalta a doutora Luciana Maluf.

Estamos de Volta

Olá pessoal, para avisar que estamos de volta com o  https://www.beautyinforlife.com/  e que agora vamos manter ele para valer. Sigam co...