7 DICAS INDISPENSÁVEIS PARA CUIDAR DA SAÚDE DOS SEUS FILHOS

Siga essas recomendações para propiciar um melhor desenvolvimento infantil e preservar a saúde dos bebês e das crianças 


Crendices populares, achismos, experiência própria. Quem tem filhos sempre recebe recomendações de todos os lados para cuidar da saúde deles, mas muitas dessas informações podem estar erradas. Por isso, se tiver dúvidas, consulte um especialista. No entanto, algumas dicas são consenso, como proporcionar ambientes tranquilos e saudáveis, a prática de atividades físicas e brincadeiras, além de seguir corretamente o calendário de vacinação. Abaixo, confira algumas formas de prevenir certas doenças e proporcionar uma vida mais saudável para os bebês e crianças.

1 - Mantenha a vacinação em dia

As vacinas garantem a defesa contra vírus e bactérias por meio da criação de anticorpos. Como o sistema imunológico da criança ainda está em formação, é fundamental seguir o calendário da carteira de vacinação. Além disso, o programa de imunização brasileiro é reconhecido como um dos melhores do mundo. A vacina contra a gripe, por exemplo, deve ser tomada todos os anos e é disponibilizada em postos de saúde.

2 - Estimule atividades físicas e brincadeiras ao ar livre

O desenvolvimento infantil está diretamente relacionado com a prática de atividades físicas e brincadeiras ao ar livre. Elas estimulam o desenvolvimento motor e psicossocial dos pequenos. Por isso, incentive a prática dessas atividades, para manter o corpo sempre saudável e também para propiciar um ambiente de diversão, com jogos, brincadeiras e muitas atividades ao ar livre.

3 - Ajude a criança a dormir

Os hormônios do crescimento são produzidos durante o sono. Se a criança não dormir bem, o desenvolvimento dela pode ser afetado. Para ajudá-la a dormir, você pode contar histórias tranquilas e criar rituais de relaxamento. Uma hora antes de ir para a cama, também evite que elas façam uso de dispositivos tecnológicos ou fiquem em frente à televisão. A luminosidade proveniente desses equipamentos atrapalha o ato de dormir.

4 - Proporcione uma alimentação variada

Ter uma alimentação rica em nutrientes é um dos principais fatores para prevenir doenças. É comum, nessa fase, as crianças criarem resistência a frutas, verduras e legumes. Insista quanto à ingestão desse tipo de alimento, mesmo que ela recuse nas primeiras vezes. É importante mostrar todas as variedades existentes de comida para ampliar o repertório de sabores. Dessa forma, a alimentação se torna mais rica e saudável. No caso do bebê, ele deve receber aleitamento materno durante os seis primeiros meses de vida.

Na hora em que a criança for se alimentar, é importante se livrar de distrações de tecnologias como smartphones, tablets e TV. Isso é essencial para que a criança crie uma boa relação com a comida.

5 - Ofereça um ambiente saudável

O desenvolvimento biopsicossocial da criança depende de um ambiente harmônico e tranquilo. Sabe aqueles programas policialescos, repletos de violência? Tente evitar o consumo deles. Gritos e discussões acaloradas também podem ser prejudiciais. Os videogames com cenas violentas são outra polêmica tanto no mundo acadêmico quanto na sociedade. Enquanto alguns especialistas afirmam que eles podem ser muito prejudiciais, outros pesquisadores chegaram à conclusão de que o efeito é limitado e apenas em pessoas que possuem transtornos de personalidade. O consenso vai em direção ao equilíbrio: nada de expor os pequenos a um excesso de cenas violentas, independentemente da mídia em que estão.

6 - Mantenha a higiene

Para evitar a proliferação de vírus e bactérias, é fundamental manter a higiene. Lavar sempre as mãos depois de ir ao banheiro e antes de comer com sabão neutro e água corrente, e cobrir a boca ao espirrar ou tossir são alguns exemplos. Mas aqui também cabe a dica do equilíbrio. A higienização excessiva diminui a imunidade das crianças, assim como a capacidade de recuperação depois de ferimentos. Portanto, o contato com o mundo e com as brincadeiras é saudável e recomendado. O uso excessivo de produtos de assepsia também elimina boas bactérias.

7 - Deixe o ambiente climatizado

O verão está chegando e, com ele, as altas temperaturas. Nesse período, você pode investir em um ambiente climatizado com umidificadores, toalhas molhadas e até mesmo um ar - condicionado split para refrescar o ambiente. No último caso, certifique-se de que o ar-condicionado recebeu a manutenção adequada e foi devidamente higienizado, para evitar o acúmulo de sujeira, o que pode desencadear crises alérgicas e respiratórias. Para os bebês, a temperatura ideal é 25 graus.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.