PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS: CONHEÇA QUAIS SÃO OS TIPOS DE CIRURGIA NOS SEIOS



As cirurgias plásticas nos seios estão entre os procedimentos estéticos e funcionais mais procurados no Brasil. Esse tipo de técnica pode ser usado tanto para melhorar a aparência da mulher como também em casos de problemas de saúde decorrentes do tamanho das mamas.
Existem diferentes tipos de cirurgias plásticas nos seios que atendem diferentes demandas das pacientes. Pensando nisso, conheça quais são eles a seguir e confira informações sobre a recuperação.

Quais os tipos de cirurgias plásticas nos seios?
As cirurgias plásticas nos seios são divididas em quatro tipos, mamoplastia de aumento, de redução, mastopexia e reconstrutiva. Conheça as especificidades de cada um deles a seguir!

Mamoplastia de aumento
Um dos procedimentos mais conhecidos é a mamoplastia de aumento que tem como objetivo a inserção de uma prótese de silicone para aumentar o volume das mamas. Ela é indicada para mulheres que têm mamas muito pequenas o que pode afetar a autoestima. Em alguns casos, a mamoplastia de aumento também é realizada por mulheres que perderam o volume das mamas após a amamentação.
O volume inserido com a cirurgia varia de acordo com os desejos da paciente e também a estrutura física dela. A prótese pode ser inserida por cima ou por baixo do músculo do peito, impactando o resultado final.

Mamoplastia redutora
Entre os tipos de cirurgias plásticas nos seios também está a mamoplastia redutora, procedimento que visa diminuir o tamanho das mamas, principalmente devido à proporcionalidade com o corpo ou quando o excesso de peso dos seios causa danos nas costas.
O procedimento pode ser realizado ainda em homens que têm ginecomastia — crescimento anormal do tecido mamário —, eliminando o excesso de tecido que pode se apresentar nesses casos.
No procedimento, o cirurgião plástico realiza a remoção do excesso de gordura, glândulas e pele, obtendo mamas mais proporcionais e com peso adequado.

Mastopexia
A mastopexia é uma das cirurgias plásticas nos seios que visa corrigir questões estéticas das mamas, como diminuir a flacidez na região e levantar os seios. Por essas características, a técnica é normalmente realizada em mulheres a partir dos 50 anos, mas também àquelas que possuem muita variação de peso.
A mastopexia pode ser associada tanto a mamoplastia de aumento como com a redutora, de acordo com as características do caso e desejos da paciente. Em geral, para obter um resultado satisfatório, o profissional remove o excesso de pele.

Cirurgia para reconstrução dos seios
O procedimento de reconstrução dos seios é uma das opções entre as cirurgias plásticas nos seios e pode mudar a forma, tamanho e aparência das mamas, sendo indicada principalmente para casos nos quais a mulher precisou remover parte ou a totalidade das mamas devido casos de câncer.
A técnica também beneficia mulheres que querem fazer a reconstrução do mamilo ou aréola devido assimetria ou tamanho desproporcional. O procedimento pode ser associado às mamoplastias de aumento ou redução, de acordo com o caso.
As cirurgias plásticas nos seios podem ser realizadas por qualquer paciente, a partir dos 18 anos, e que esteja em condições normais de saúde. No entanto, apenas o cirurgião plástico poderá confirmar a viabilidade do procedimento para os interesses e caso.

Quais os cuidados pré e pós-operatórios?
No pré-operatório é indicada a realização de exames de saúde e avaliação do quadro pelo médico de forma a verificar a viabilidade do procedimento e o atendimento às demandas da paciente.
Já no pós-operatório os cuidados incluem repouso, dormir de barriga para cima, usar o sutiã recuperatório e não fazer muitos movimentos com os braços por, pelo menos, 15 dias.
Em geral, as mulheres devem ficar afastadas das atividades diárias após as cirurgias plásticas nos seios por cerca de 15 dias, podendo chegar a 30 no caso de rotinas mais desgastantes e pesadas. Apesar desses prazos, as atividades só devem ser retomadas de acordo com a liberação do cirurgião plástico responsável.

Confira também Conheça os tipos de preenchimentos disponíveis no mercado estético

Portal da Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário