PÓS GRADUAÇÃO À DISTÂNCIA: SAIBA COMO IMPULSIONAR A SUA CARREIRA



Flexibilidade e praticidade são as principais características dessa modalidade

Se você quer dar uma turbinada na carreira, uma forma de fazer isso é cursar uma pós-graduação a distância (pós EaD). Nos últimos dois anos, essas especializações tiveram um salto de 17,6%, de acordo com o Censo da Educação Superior, enquanto a pós-graduação presencial apresentou uma queda. A praticidade desses cursos e o preço mais baixo são alguns dos principais atrativos aos estudantes.

No ensino totalmente a distância não é necessário comparecer a um polo presencial de ensino. O estudante acessa uma plataforma por meio da internet e tem ao seu dispor todas as aulas em vídeos, slides e arquivos compartilhados pelos professores. A modalidade, portanto, é ideal para quem tem dificuldade de acessar grandes centros urbanos ou por algum motivo não consegue encaixar um curso de graduação ou pós-graduação na rotina.

Outro benefício são os preços, geralmente mais baixos do que os cursos presenciais. No segundo caso, as instituições de ensino são obrigadas a alugar as salas para acomodar os estudantes. Já ensino virtual ou até mesmo no semipresencial, as atividades na própria instituição são extremamente restritas.

A pós-graduação EaD segue a mesma grade curricular do que a modalidade presencial e também recebe autorização do Ministério da Educação (MEC). De acordo com a legislação, não há diferença nenhuma no certificado de conclusão, ou seja, não é informado se você cursou de forma virtual ou presencial.

Essa modalidade de ensino é dividida em módulos e é separada entre pós lato sensu e a pós stricto sensu. O primeiro caso engloba cursos mais voltados para o mercado, como MBA e especializações. Já no segundo, o foco é acadêmico, com cursos de mestrado e doutorado.

Geralmente o estudante realiza todas as atividades através de um site. Lá, ele tem acesso a fóruns de discussão para a interação com outros alunos, além de poder tirar dúvidas com os professores. Portanto, é um mito dizer que os cursos a distância não promovem interação social. A praticidade e flexibilidade de horários, contudo, obriga uma maior organização e disciplina, já que o curso progride ao longo das semanas e possui tarefas específicas durante um determinado período de tempo.

Se você cursar uma pós-graduação na área da saúde ou engenharia, por exemplo, as aulas provavelmente serão semipresenciais. Nesse caso, o estudante precisa fazer algumas tarefas na própria instituição, pois essas carreiras exigem o aprendizado de tarefas práticas, sendo indispensável ter algumas atividades presenciais. Mas, mesmo assim, a ida até a faculdade é menos frequente do que as tarefas online.

Portal da Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário